Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Refletindo’ Category

Calor humano.

Nao gosto de frio. Da temperatura a pessoas.

Do tipo de gente que nao manifesta emoçoes claras, que nao vibra com noticias, palavras, idéias, que nao reage a mudanças, que finge que nao viu, que ignora.

Eu sou do tipo transparente, claro, ativo e reativo, nitidamente partidàrio, perceptivo, criativo, agitado, vibrante, rumoroso, emotivo, sensìvel e intenso.

Eu sou muito quente.

Anúncios

Read Full Post »

A ursa.

No inverno, onde os dias sao mais curtos, sempre sinto uma coisa estranha com o anoitecer tao cedo. A sensaçao é meio angustiante, como se eu ficasse acordada mais tempo do que devia, com noites que nao acabam nunca,  e dias com um tipo de insonia-zumbi, enfim, uma agonia.

De um lado, minha mente me diz que meu corpo deve se movimentar ao invés de seguir o que, do outro lado, meu animo me sugere que é passar a maior parte do tempo enfiada debaixo das cobertas. Vivo, assim, arrastando os dias nessa luta interna e… nem sempre é facil reagir.

Por mais que eu tente me ocupar o tempo escorre lentamente, numa letargia gélida e os tres meses de frio, chuva e neve parecem muito, muito longos. As vezes chego a pensar que talvez eu tenha uma especie de metabolismo de ursa e que o natural seria hibernar no inìcio de dezembro e acordar sò em março na primavera.

Notas mentais:

Sàbado o curso de grafologia reiniciou e hoje foi o curso de tricot. Vou me obrigando a sair mais de casa e quem sabe o inverno irà passar mais ràpido este ano.

Read Full Post »

Conta-gotas

Ando longe daqui, mas nao do mundo virtual. Acontece que depois do advento Twitter e Facebook alguma coisa mudou na maneira de me relacionar com as palavras. Se antes eu gostava de um oceano de palavras prolixo descrevendo tin-tin por tin-tin cada detalhe da minha pessoa, agora tou mais naquela de soltar por aì umas poucas gotinhas de LuLu, sò bem pouquinho e muuuuito de vez em quando.

Nessa nova fase também coleciono algumas frases alheias, que faço uso como se fossem minhas, quando tenho algo a dizer que jà foi dito.

Juntando tudo dà um mosaico bem interessante. Vou registrar aqui algumas passagens…

Chuvinha gostosa, edredom e maridinho acoplado, um bom filme no dvd e Arruda na cadeia…. FELIZ DIA DE SAO VALENTIM!!!   (10:21  Feb 14th)

Carnevale ad Acireale!!! Carnaval é igual a nariz: cada um tem o seu.  (12:16  Feb 16th)

((( coragem )))  (15:25 Feb 16th)

Mais um carnaval que passou…  (8:35 Feb 18th)

Preparando uma fornada de muffins de coco!  (15:24 Feb 18th)

Esse P.O. é um C.U. (com o perdao das màs siglas).  (23:23 Feb 18th)

Dietro ogni linea di arrivo c’è una linea di partenza… Atràs de cada linha de chegada tem uma linha de partida. (Madre Teresa de Calcutà).  (11:15 Feb 19th)

AUGURI ERNESTO!!  (10:10 Mar 3rd)

 O Livro de Eli… acabei de assistir o filme. Tem sempre algo a retocar, mas.. recomendo.  (00:09 Mar 4th)

Hoje foi dia de faxina grau DEZ PLUS ELEVADO AO CUBO!! Ai.. To moìda… (23:00 Mar 4th)

Nao to achando graça nenhuma.. em NADA.  (17:47 Mar 5th)

Acabei de tirar uma fornada quentinha de biscoitos com pistache! Alguém servido? 😀  (08 marzo 20.48)

((( FELIZ )))  (08 marzo 22.22)

Berlusconi e Lula juntos!!! O.o Medo.  (16:39 Mar 9th)

((( amizade )))  (11 marzo 17.36)

♥ Oggi è il mio ONOMASTICO. ♥  (4:13 PM Mar 15th)

Voce sabe o que é NOÉTICA??  (10:31 PM Mar 17th)

Com as costas moìdas de trabalhar no jardim hoje… ai. Em compensaçao… parece que o sol firmou.. e a primavera taì beirando a gente! 😀  (19 marzo 1.03)

((( amor )))  (18:15 Mar 21st)

Omelete de Urtiga no almoço! (23 marzo 19.39)

De vez em quando eu tenho a sensaçao de que tà faltando um adulto nessa casa… Ai que saudade da minha mae!  (20:28 Mar 25th)

De vez em quando eu pareço ter 40 anos de idade…  (16:01 Mar 27th)

À medida que as horas passam, as luzes de arranha-céus e monumentos históricos são desligadas em várias partes do mundo.#horadoplaneta  (23:41 Mar 27th)

Europa apaga as luzes durante a Hora do Planeta http://bit.ly/bUMPIU  (23:43 Mar 27th)

Nessa Pàscoa… por favor… nenhum ovo pra mim. Quero uma màquina de teletransporte de presente, a quem interessar possa.  (9:58 Mar 29th)

Primavera = calorzinho bom + muito trabalho no jardim.  (19:13 Mar 30th)

 Surpresas do mês: Rick Martin assume ser gay. Pelé assume ser negro, Papa assume ser católico e a Terra assume ser redonda. (Jose Simao) (23:19 Mar 30th)

Ontem… teve aula de queijos no curso de culinària. Degustei mais de 15 tipos entre caprinos, pecorinos e bovinos. Hoje… to de ressaca. Ai. (01 aprile 10.56)

♥ Buona Pasqua a tutti!!!! ♥  (01 aprile 21.51)

Vontade de voar…  (00:34 Apr 3rd)

E a Pascoa… ? A Pascoa PASSOU. (23:50 Apr 5th)

Aula de hoje do curso de culinària: DOCES!!… Tou empanzinadamentefeliz que nem formiga no pote de mel… 😀 (08 aprile 0.35)

Essa vida nao é mole nao, Pantaleao! (08 aprile 16.27)

Jardim cheio de botoes!!! (11:33 Apr 9th)

Certas coisas são mais bem resolvidas pelo silêncio. (21:22 Apr 9th)

♫♫ Vivendo e aprendendo a jogar.♫♫ Nem sempre ganhando, nem sempre perdendo… mas, aprendendo a jogar. ♫♫ (15 aprile 11.43)

Se você obedecer a todas as regras, vai perder toda a diversão. (15 aprile 17.09)

Hoje fiz um bolo de maça. Pra tomar no café da manha.. de amanha. Ficou tao cheiroso que nao aguentei esperar… provei e decidi: Amanha se fizer sol vou tomar o café da manha no jardim. Meu bolo merece. (15 aprile 23.37)

Hoje to tao azeda, mas tao azeda… que se o marido demorasse um pouquinho mais pra sair pro trabalho… eu ficava viùva. (22:47 Apr 20th)

Quem conseguir pronunciar o nome do vulcao que tà soltando fumaça na Islandia ganha um premio!… Vai là… Um… dois… tres… jà: eyjafjallajokull. (20 aprile 0.19)

Auguri Brasilia!!! (21 aprile 16.17)

Voce sabe que chegou ao fundo do poço quando: … Cria um album de fotos no Facebook chamado “Farmville Photos”. (21:43 Apr 23rd)

Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer mal…. São Jorge Rogai por Nós. (23 aprile 13.50)

O erro é inerente ao ser humano, o que importa é não passar da cota diária. (JOHN NIGRO) (10:45 Apr 25th)

♫♫♫♫♫♫♫♫ Tenho jasmim, tenho hortelã. Eu tenho um anjo, eu tenho uma irmã. Com a saudade teci uma prece e preparei erva-cidreira no café da manhã… ♫♫ Eu vou cantar uma canção Eu vou cantar pra mim… Eu vou cantar uma canção Eu vou cantar pra mimmmmmmmm… ♫♫♫♫♫♫♫♫  (25 aprile 11.47)

Plantando batatas!  (30 aprile 19.49)

Bom dia insonia!!! (6:49 May 3rd)

((( unidade ))) (03 maggio 22.05)

L’orto è finito!!! Terminamos nossa horta!!! Plantamos pimentoes, tomates, beringelas, meloes, cenouras e batatas. (04 maggio 18.04)

Quando começo um floral novo tenho cada sonho Feliniano!!! Cada um mais bizarro do que o outro! (04 maggio 18.44)

Ontem fui assistir Ágora. Que filme tocante, viu? Super-recomendo. (05 maggio 16.02)

M.A.E.E.T.A. (MAE Eu Te Amo) (06 maggio 19.42)

Nem toda experiencia ensina. (07 maggio 14.27)

((( tolerancia ))) (07 maggio 17.10)

CHOREI… de rir!!!! http://www.youtube.com/watch?v=RLbOuHX8rMA  (08 maggio 12.02)

Feliz dia das SOGRAS!! (10 maggio 0.31)

Recomecei a sonhar em italiano. (13 maggio 11.38)

Nao hà nada que um banho de banheira nao cure… Com sais perfumados e muita espuma… Se bobear até unha encravada e espinhela caìda.  (16 maggio 19.25)

Chegou pacote do Brasil!!! (20, maggio 15.33)

Read Full Post »

Quem sou eu para falar de amizade? Minhas amizades ao longo da vida já passaram por todos os tipos de fases. Pouquíssimos amigos sobreviveram ao período em que passei por um tratamento para depressão. Essa doença tão terrível arrancou de mim por quase dois anos a alegria de viver, transformando-me numa pessoa tristonha, mórbida, apática e completamente  diferente daquela que todos estavam acostumados a ver. Durante essa fase, que foi uma das mais difíceis da minha vida, entendi verdadeiramente o significado da expressão: “separar o joio do trigo”. Uma horda de pessoas, que antes borboleteava a minha volta atraída somente pela minha luz sem querer dar nada em troca, voou para longe rapidamente, em poucos dias depois que a doença se instalou. Várias pessoas magicamente se revelaram. A primeira máscara a cair foi a dos “amigos-só-de-farra” uma definição para aqueles muito imaturos, muito rasos e superficiais que não seguram nenhuma peteca de jogo algum que não seja relativo a boteco, festa, sexo e roquenrol.

Entremeada por altos e baixos, alguns péssimos e outros momentos melhorzinhos  fiquei impávida só assistindo àquela seleção natural, inerte, mas angustiada. Deixei quase todos irem embora. Naquele período não tive força pra quase nada além de sobreviver. Fiz o que pude. Ficaram aqueles que souberam, acima de tudo, respeitar o que eu estava passando. Restaram as pérolas. Uma grande amiga remanescente até mencionou, outro dia, o quanto a minha relação com ela foi suscetível aos “meus momentos”. Enfim, baseada em outra frase muito conhecida que diz que o que importa é a qualidade, depois de tudo tornei-me muito mais seletiva. Estou a cada dia mais consciente não só do valor dos pequenos gestos de carinho inesperados e descompromissados, mas também do sutil e gradativo abandono ao qual as relações mais débeis se expõem. Continua a diminuir o número de pseudo-amigos que eu acreditei um dia possuir. Apesar do que possa parecer aqui, mesmo com alguma perda, não carrego comigo nenhum arrependimento. Talvez por isso eu acredito que me qualifique um pouco para tentar sugerir a alguém alguma coisa útil sobre amizade.

Outro dos temas mais presentes como causa de afastamentos, pela minha experiencia, é o da tirania na amizade. Percebi que muitas amizades, até de grande afeto e intimidade, insistiam em se manter tiranizando-me. E eu passei a não permitir mais esse tipo de vínculo e busco estar atenta e evidenciar nas pessoas essas atitudes que pra mim já não são nada atraentes, nem tampouco saudáveis. Por amizade tirânica eu defino aquela onde cumprir um protocolo de regras e compromissos passa a ser mais importante que muitos valores como o amor, o crescimento, o respeito e a compreensão mútua. Algumas pessoas parecem acreditar que por ser meu amigo lhes dá o direito de cobrar coisas e serem agressivas como se eu realmente tivesse que cumprir algum código de honra, ou um passo-a-passo para satisfação da carência alheia ou um calendário anual de eventos obrigatórios aos amigos tiranizáveis. 😀 Hehehehehe. Isso existe e me incomodou muito, mas hoje em dia lido com as tiranias ainda presentes nas relações de amizade de um modo muito melhor e me permito até brincar. Brinco, sim, na medida do possível. Costumo dar minhas conhecidas gargalhadas hiper-sonoras em resposta a alguns amigos que se excedem e esperneiam cobrando uma justificável ausência minha no dia-a-dia. Atençao, não que a ocasião criada pelo amigo não seja importante pra mim, mas é a atitude de cobrança que não deve ser excessiva nem carregada e o peso, carência e agressividade jamais podem se sobrepor à leveza, a alegria e o prazer de conviver.
Várias são as razões para o afastamento das pessoas, não necessariamente a falta de um sentimento profundo ou de amizade verdadeira, às vezes é apenas a própria efemeridade natural de alguns tipos de relações. Aprendi que muitas pessoas que passam por nossa existência, quando menos se espera, se afastam, ora por concluir uma etapa misteriosa de evolução e aprendizado, ora pela seleção natural de afinidades, como um ciclo que se fecha.

A vida deve seguir sempre fluindo. Cada um tem, ainda, os seus bons e maus momentos. O maior aprendizado foi o de entender melhor as razões para o afastamento de todos nós. Costumo comparar a dinâmica das relações como uma dança aos pares e a mudança de alguns passos na dança do afeto e da amizade pode deixar de ser conveniente para alguma das partes e se deixa simplesmente de dançar.

A exemplo do que eu já lutei (e ainda luto) contra atitudes inconvenientes ou contra pisões nos pés ao longo da dança poderia citar várias situações. Algumas soariam tristes, outras leves, cômicas ou até infantilmente ridículas. Talvez seja um estilo meu, mas busco verdadeiramente a leveza e o bom humor sem deixar de dizer claramente quando um tipo de comportamento não me interessa mais. Continuo, é claro, muito atenta principalmente ao “modo” para impor limites difíceis, afinal estou lidando com pessoas amigas. Tento sempre falar com o devido carinho, para quem ainda me interessa manter e transformar, mas aprendi a duras penas que dificilmente se extingue um comportamento ambíguo muito arraigado ou inadequado sem algum tipo de dor de crescimento. Se existir amor a amizade permanece com outras bases mais seguras, mas se não, extingue-se. Melhor assim. Mesmo sendo muito difícil abrir mão de certos apegos.

Longe de mim parecer que não creio na amizade ou que amigos não são muito importantes. Ao contrario, são e MUITO. Nem cometo o engano de achar que não possa eu também melhorar nas minhas relações. A cada momento de revelação de alguma dificuldade em relacionar-me ou aparente discórdia procuro voltar a mim e buscar refazer o caminho percorrido todo de novo. Acredito que devo primeiro me rever pra depois tentar levantar a cerca dos limites para o outro. Buscando de antemão os meus propósitos de harmonia e do bem. Nem sempre acerto, mas o meu objetivo tem sido o de continuamente experimentar para continuar a aprender. A realidade muda o tempo todo. Fato inevitável. A cada encontro alguns amigos antigos ou distantes podem parecer inadequados perante a nova LuLu que ressurge. É preciso estar atenta para identificar o sentimento puro e verdadeiro. Replantar é muito importante sem jamais deixar de cultivar e cuidar o que já existe. Pela minha natureza, para o bem da minha evolução, nesse solo fértil que é a minha vida, quero prosseguir alimentando, regando e oxigenando as antigas amizades e permanecer aberta à criação de muitos mais novos e frutíferos laços.

Algumas lições que aprendi:

– Ninguém está totalmente certo, nem totalmente errado.

– Amigos surgem de onde menos se espera.

– Amigos desaparecem, às vezes quando mais os esperamos.

– Amigos ressurgem.

– Todos merecem respeito.

Escrito por LuLu no Cafofo da LuLu, 16 de Fevereiro de 2007.

Read Full Post »

Acabei de chegar do cinema.

No Brasil o titulo do filme é: A Ilha do Medo.

Me fez refletir que o maior pesadelo do ser humano é nao ter em quem confiar.

Read Full Post »

Vencer os outros não chega a ser uma grande vitória.

Vitorioso é aquele que consegue vencer a si mesmo, o que é muito mais difícil.

Ela requer mais coragem, mais disciplina e mais decisão.

O simples fato de tentar de novo já será sua primeira vitória.

Read Full Post »

Incomplexidade

Uma pessoa imatura pensa que todas as suas escolhas geram ganhos.

Uma pessoa madura sabe que todas as escolhas tem perdas.

– Augusto Cury –

Com essa frase martelando na minha cabeça é que comecei essa semana. Ando meio azeda, talvez pela velha conhecida TPM que se reaproxima, mas enfim, mais reflexiva também.

O mundo novo, jà nao tao novo, começa a dar seus sinais de cansaço. A velha fòrmula de auto-motivaçao pra dar conta das obrigaçoes do dia-a-dia nao funciona tao bem aqui quanto no Brasil e me reinventar a esta altura da vida parece bem mais difìcil.

Falar voltou a ser uma canseira à parte. Voltei a ter que pensar muitas vezes antes de pronunciar o que quero. Tomo cuidado com as palavras, seja em italiano, ou em portugues, até porque acredito piamente que elas tem uma força descomunal sobre nòs, nossos desejos, realizaçoes e até sobre o universo que nos rodeia mas, pra mim, particularmente loquaz na minha lingua madre, é como voltar a ser criança ou adolescente… limitada, com um vocabulàrio muito restrito e aquém da minha identidade interior, sentindo-me incomprendida e frustrada por ter muito mais a expressar do que a capacidade de comunicaçao me permite.

Hoje, estou particularmente angustiada e me sinto incompleta como se nesse mundo nada se encaixe perfeitamente em mim, ou me pertença realmente. Tenho a sensaçao de que falta (e faltarà) sempre alguma coisa, nao importa quais sejam os meus esforços pra me adaptar, me integrar, me inserir… serei sempre uma estrangeira numa terra estranha.

Read Full Post »

Older Posts »