Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Receitas’ Category

Na Sicilia, onde eu moro, cada festa importante tem alguma correspondencia  culinària. Nao acho que seja à toa a fama de “bons garfos” dos italianos, em geral. Na verdade, seja Natal, dia dos pais, ou cada uma das milhares de festas religiosas (levadas, em geral, muito a sério) em quase toda regiao da  Italia  existe  algum prato representativo, tradicional, com razoes historicas e repetido desde os tempos do onça.

Ovelha de pasta de amendoaEntao, na grande ilha, tem  uma  pitoresca tradiçao pascal de nos deliciarmos, depois de um rico almoço festivo, elaboradissimos doces que além de deliciosos, ficam lindos de se ver nas vitrines das docerias e confeitarias em toda a cidade. Um tipo muito  caracteristico se chama  “picureddi di pasta reale“.  Sao ovelhas moldadas com “pasta reale” (a famosa pasta de amendoa – produto tipico da Sicilia), que representam o cordeiro do sacrificio de tradiçao religiosa e paga muito antiga, e se diferenciam na forma, complementos e na decoraçao de acordo com a àrea de origem. As mais comuns estao deitadas sobre um prado verde, dentro de um recinto cercado, decorado de confetinhos multicoloridos e possuem uma bandeirinha no lombo. A que eu ganhei da minha sogra no ano passado é assim.

Ovo pintado à maoO ovo é simbolo de vida e de ressureiçao. E’ do ovulo feminino que se origina a vida, assim como sao ovais as glandulas sexuais masculinas; e é também do ovo que se gera a vida dos oviparos. Jesus Cristo, com a ressureiçao, transformou a sua morte em uma nova vida e muitas vezes o nascer é representado com um pintinho saindo do ovo. O ovo figura também em muitas e variadas delicias tradicionais da Pascoa e sempre foi seu maior simbolo porque representava o renascimento da natureza nas tradiçoes pagas, coincidindo com a chegada da primavera. Esse da foto foi pintado por mim e presenteado aos meus sogros.

biscoitos_de_pascoa_2009Outro famoso doce siciliano é conhecido em Palermo, a capital da Sicilia como: “pupo cu’ l’ova“, ou como sao conhecidos na cidade que moro – Catania – “aceddo cu’l’ova“, em dialeto siciliano que quer dizer ave com ovo, recordam exatamente essa tradiçao e sao de uma época em que nem se imaginavam os ovos de chocolate de hoje em dia. Estes, sao paezinhos ou biscoitos pascais, muito difundidos em toda a Sicilia, assumindo varios nomes de acordo com a tradiçao local, moldados nas mais varias formas, antropomorfas, zoomorfas, mas sempre com um ovo cozido, inteiro, às vezes com casca e tudo, que é inserido na pasta.

biscoitos_de_pascoa_2009_04_11-017Dizem que os tais “aceddi cu’l’ova“, aves com ovos – até uns cinquenta anos atràs, eram (sempre a mesma massa de pao/biscoito) moldados preferencialmente na forma de pomba (por isso o nome) tendo no centro do corpo um ovo cozido (com casca) recoberto com duas listinhas de massa, formando uma cruz. Hoje quase desapareceu a forma antiga de molde, de pomba, mas a criatividade é infinita e cada um libera sua fantasia, e faz a forma que lhe dà na telha, remodelando a tradiçao.

biscoitos_de_pascoa_2009_2As mammas e nonnas, em casa, no sàbado da vigilia da Pascoa, preparam tantos “aceddi” quantos saos os membros da familia, além de outros muitos biscoitinhos (feitos com sobras da massa) em formas mais simples, sem ovo, e todos decorados com confeitos coloridos, tornando-os ainda mais alegres e gostosos.

Entao, nesse ultimo sàbado, passei uma agradàvel manha “impastando” com as mulheres da familia do marido Ernesto, me sentindo parte de algo muito grande e muito bonito, tradicional, ritualistico e aprendendo algo mais além do que fazer biscoitos.

A receita voce encontra na aba de receitas là em cima do blog ou clicando aqui.

Read Full Post »

Vidinha besta

Dia de faxina, de compras, de arrumaçoes e de sobras da geladeira que viraram um quiche de legumes maaaaaa-ravilhoso!

Foto By LuLu na Italia ©

Foto By LuLu na Italia ©

Modéstia à parte.

A receita completa eu postei no blog dezminutosepronto.

Deixo aqui sò a fotinha besta pra combinar com essa vidinha mais-ou-menos.

Ai..ai.

Read Full Post »

A normalidade sempre me pareceu uma coisa relativa. Deixando de lado o chavao, é a mais pura verdade que todo mundo sabe de si e reconhece nas suas sombras o seu proprio fator de loucura. Uns mais, outros menos conscientes mas, para todos nòs, conviver com a propria loucura é uma arte dificil. Conviver com a loucura alheia, entao, seria como a mais perigosa das artes circences, seria viver suspenso num trapézio. Perigoso, né? E pra nao despencar de là de cima é necessario um exercìcio constante de força fisica e mental, paciencia, tolerancia, cumplicidade, confiança e maturidade….

Na corda bamba do relacionamento, em meio a todas as nossas diferenças culturais, de lingua e pessoais, resolvemos que precisàvamos tomar liçoes de trapézio… hehehehehe..  Em nome do amor, que “jà é” em nòs, decidimos fazer terapia de casal…. Enquanto escrevo aqui me vem em mente um trecho da frase da primeira carta de Sao Paulo aos Corintios, cantada por Renato Russo em Monte Castelo: ” Sem amor eu nada seria.“…. 

Ontem foi o nosso primeiro contato com a terapeuta. Fomos nos conhecer, contarmos, todos, um pouco da nossa estòria e nos ambientarmos. A salinha do consultorio da dottoressa Alba parece uma sala-de-visitas de uma casa normal, fica num casarao antigo, tem um pé direito bem alto, é aconchegante, tem duas poltronas, um sofazinho, luminàrias, mesinha de canto, flores, livros, quadros, e palavras positivas espalhadas estrategicamente por todos os cantos. Foram as palavras, aliàs, que iniciaram e terminaram marcando a nossa visita. Foi a referencia delas que nos acolheu, que deu inicio a conversa. Foram elas que nos saudaram ao fim do looongo encontro, de quase duas horas, num jogo proposto por ela, quando escolhemos, cada um de nòs 3, um cartaozinho, aleatoriamente numa bandeja, onde no verso se liam palavras importantes que, como um presente de um anjo, serviriam para nossa reflexao até o proximo encontro.

Algumas palavras importantes:

SERENITà – serenidade

AMORE – amor

VERITà – verdade

FIDUCIA – confiança

A palavra mais especial de hoje é o nome da terapeuta: ALBA  que significa amanhecer, alvorecer. Pra mim foi o maior anuncio de um novo amanha, simbolizando que um novo horizonte està nascendo nessa minha nova vida!

——————–  ——————–

Total de ontem: 849 kcal

Café da manha (295kcal): 200ml de leite Zymil (82kcal) + 2 col chà de Orzo (75kcal) + 1 col chà de açucar (48kcal) + 3 bolachas de fibras (90kcal)

Almoço (478kcal): 1 fatia de torta de espinafre e milho (250kcal) + 4 col sopa de ervilhas ao molho de tomate (100kcal) + 1 ovo pochè (78kcal) + 200ml de suco de maracujà (50ml)

Meio da tarde (73kcal): 200ml de chà com pessego (73kcal)

Jantar (3kcal): 200ml de chà de camomila (3kcal)

NOTAS MENTAIS:

A receita da torta de espinafre que eu faço tem no meu outro blog.

Depois da terapia estavamos meio tensos com tanta emoçao, fomos rever os momentos e falar sobre nossas impressoes. Acabamos divergindo, nos chateando e, ao invés de irmos comemorar numa pizzaria, voltamos pra casa. Eu tomei um chà e fui deitar. Foi muito bom pra minha dieta, ao menos.

Read Full Post »

Chegou… e com um frio que faz pensar que esse inverno proximo promete, viu?.. Ai..ai.

O outono chegou mas, ao contrario da primavera e do verao que foram mudando tudo devagarzinho, veio assim de um jeito tao brusco. Num dia tava sol, um calor miseràvel de verao, eu, suando em bicas.. e no dia seguinte… KABUM! Chuvinhaaaaaa, veeeenttooooo, friooooo.

Junto com o outono chegou também a minha nova identidade nesse paìs. Recebi hoje a autorizaçao formal para residir na Italia, o famoso PERMESSO DI SOGGIORNO. O Estado exige comprovaçao de documentos, Ernesto se responsabiliza por mim, registram oficialmente a minha presença e me concedem um periodo de sossego por 1 ano agora, depois desse periodo devo dar novamente as caras, fazer tudo de novo e renovar por mais 5 anos. Nada mais é do que uma comunicaçao oficial de que estou aqui, pois sou casada com um cidadao italiano.  O processo todo é feito na QUESTURA de imigraçao, que tem poderes de policia. No Brasil seria como dizer que fiz ficha na puliça… hehehehe… Sò que o registro de digitais foi todinho feito no computador e nada daquela meleira de borrocar os dedos… chique no uuurrrtimo… ui! Feito isso, posso dar entrada nos documentos necessarios na Italia, identidade comunale, codigo fiscal, assistencia de saude… Passo, a partir de hoje, a existir oficialmente aqui, como MORADORA.

Olha sò a minha fotinha nova!

Fiz numa maquina instantanea no meio da rua, em frente a um supermercado perto daqui de casa! Coloquei as moedas (3 Euros), fiquei sentada ouvindo as instruçoes, enquadrei-me no painel, esperei quietinha a maquina me medir, prendo a respiraçao, botao verde… e…  CLICK! Fatto! 🙂 Até que nao saiu mal, nè?

——————————- ——————————-

Total de ontem: 1.636 kcal

Café da manha (332kcal) : 1 pao de hamburguer com gergelim (170kcal) + 1 col cha margarina light (36kcal) + 1 col cha de senape (11kcal ) + 1 fat de presunto de parma (38kcal) + 1 copo de 200ml de cha com limao e chà verde (77kcal).

Almoço (839kcal) :  6 flores grandes de couve flor refogada no alho e azeite (130kcal) + 50g de queijo muzzarela (188kcal ) + 1 cotoleta de frango com espinafre feita no forno (279kcal) + 1 tomate seco (50kcal) + 400ml de laranjada siciliana Tomarchio (192kcal)

Jantar (465kcal): 1 prato de sopa que foi feita com abobrinha refogada com alho e azeite (80kcal) + sopa pronta Primavera da Knorr (193kcal) + 400ml de laranjada siciliana Tomarchio (192kcal)

NOTAS MENTAIS:

To orgulhosa que consegui reduzir bastante as calorias!!!

Ainda bem que acabei com o restinho da laranjada Tomarchio que eu adoooro, mas nao vou tomar mais refrigerante por um bom tempo.

A opçao da sopinha de noite foi òòòòòtma, pois combina com esse friozinho e ainda é pouco calorica.

E o friozinho do outono.. ai..ai…

——————————- ——————————-

Uma palavra nova hoje:

CAVOLFIORE

Uma das minhas flores comestìveis predileta… a COUVE-FLOR. Bastante conhecida aì no Brasil e fez parte do meu cardapio de hoje. Uma hortaliça delicada e tenra, rica em calcio e fosforo, livre de gorduras e colesterol. Originaria da Asia Menor, chegou aqui na Europa no século 16.  Essa da foto eu preparei com alho e queijo parmesao reggiano a receita tem no meu outro blog que escrevo junto com uma amiga – O Dez Minutos e Pronto.

Read Full Post »

Nao sabia falar NADA quando conheci Ernesto. Nos viràvamos em ingles pra nos comunicarmos e via msn ainda!! O ingles dele literalmente macarronico e o meu, hummm, assim, dava pro gasto. Aos poucos fui percebendo que entendia alguma coisinha de italiano quando ouvia ele falar palavras parecidas com o portugues. Fui formando, primeiro, um vocabulario basico, alguns verbos, substantivos e expressoes essenciais. Comecei a me comunicar e me empolguei! Comprei de cara uns 2 livros de estudo auto-didata e meti bronca. Lia também obras pra estrangeiros, com textos simples e vocabulario anexo. Estudei todos os dias por 3 meses e me preparei para vir. Cheguei aqui na Italia, pela primeira vez, em abril de 2007, sabendo somente o minimo pra me virar no aeroporto, escutar a conversa da familia do noivo, ler placas na rua… e olhe là. Ficava sozinha em casa e fui incrementando meu vocabulario ouvindo radio e assistindo a DVD’s de filmes em italiano com legenda em italiano pra entender. Fui pegando gosto por aprender mais uma lingua e continuei a estudar, sozinha e depois formalmente com um professor particular quando voltei ao Brasil, e nao parei mais. A cada dia aprendo uma nova palavra. Nao somente uma nova palavra em italiano, conhecida e pronta, mas também venho descobrindo coisas novas que eu nunca tinha visto antes. Em casa, por exemplo, a jardinagem, pratica que eu nunca fiz no Brasil, me abriu um infinito vocabulario de flores, arvores, orti-fruti que eu nao tenho a menor idéia do que seja em portugues.. hihihihihi..

Decidi registrar tudo aqui. Sempre que possivel com fotos pra ilustrar bem. Quem sabe alguém me ajuda a desvendar aquelas coisinhas baaaaasicas que descobri aqui e que ainda nao sei como chamar em portugues.

Falando em basico a palavra de hoje é …

BASILICO. Foto By LuLu na Italia © ……………………………………………………………………………………………….

Muita gente jà conhece e no Brasil é conhecido por Manjericao, Manjerona ou Alfavaca, dependendo da especie, tamanho, tipo.. etc. Vim conhecer realmente aqui. E faço um Pesto, que aprendi com minha sogra, de comer ajoelhada, como dizia Vinicius de Moraes. O basilico, pra quem nao conhece é muito cheiroso, rico em vitamina B e òtimo pra memòria. O da foto, de folha larga arroxeada, que tenho plantado na minha horta, minha sogra diz que é uma espécie marroquina, mas também tenho o verdinho e o de folha miuda que é o verdadeiro, o mais cheiroso, o poderoso e vitaminado. Todos explodiram de tanta flor na primavera desse ano. Ah.. VIVA A PRIMAVERA!!!!!!!

Read Full Post »