Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Notas Mentais’ Category

A ursa.

No inverno, onde os dias sao mais curtos, sempre sinto uma coisa estranha com o anoitecer tao cedo. A sensaçao é meio angustiante, como se eu ficasse acordada mais tempo do que devia, com noites que nao acabam nunca,  e dias com um tipo de insonia-zumbi, enfim, uma agonia.

De um lado, minha mente me diz que meu corpo deve se movimentar ao invés de seguir o que, do outro lado, meu animo me sugere que é passar a maior parte do tempo enfiada debaixo das cobertas. Vivo, assim, arrastando os dias nessa luta interna e… nem sempre é facil reagir.

Por mais que eu tente me ocupar o tempo escorre lentamente, numa letargia gélida e os tres meses de frio, chuva e neve parecem muito, muito longos. As vezes chego a pensar que talvez eu tenha uma especie de metabolismo de ursa e que o natural seria hibernar no inìcio de dezembro e acordar sò em março na primavera.

Notas mentais:

Sàbado o curso de grafologia reiniciou e hoje foi o curso de tricot. Vou me obrigando a sair mais de casa e quem sabe o inverno irà passar mais ràpido este ano.

Read Full Post »

Quem sou eu para falar de amizade? Minhas amizades ao longo da vida já passaram por todos os tipos de fases. Pouquíssimos amigos sobreviveram ao período em que passei por um tratamento para depressão. Essa doença tão terrível arrancou de mim por quase dois anos a alegria de viver, transformando-me numa pessoa tristonha, mórbida, apática e completamente  diferente daquela que todos estavam acostumados a ver. Durante essa fase, que foi uma das mais difíceis da minha vida, entendi verdadeiramente o significado da expressão: “separar o joio do trigo”. Uma horda de pessoas, que antes borboleteava a minha volta atraída somente pela minha luz sem querer dar nada em troca, voou para longe rapidamente, em poucos dias depois que a doença se instalou. Várias pessoas magicamente se revelaram. A primeira máscara a cair foi a dos “amigos-só-de-farra” uma definição para aqueles muito imaturos, muito rasos e superficiais que não seguram nenhuma peteca de jogo algum que não seja relativo a boteco, festa, sexo e roquenrol.

Entremeada por altos e baixos, alguns péssimos e outros momentos melhorzinhos  fiquei impávida só assistindo àquela seleção natural, inerte, mas angustiada. Deixei quase todos irem embora. Naquele período não tive força pra quase nada além de sobreviver. Fiz o que pude. Ficaram aqueles que souberam, acima de tudo, respeitar o que eu estava passando. Restaram as pérolas. Uma grande amiga remanescente até mencionou, outro dia, o quanto a minha relação com ela foi suscetível aos “meus momentos”. Enfim, baseada em outra frase muito conhecida que diz que o que importa é a qualidade, depois de tudo tornei-me muito mais seletiva. Estou a cada dia mais consciente não só do valor dos pequenos gestos de carinho inesperados e descompromissados, mas também do sutil e gradativo abandono ao qual as relações mais débeis se expõem. Continua a diminuir o número de pseudo-amigos que eu acreditei um dia possuir. Apesar do que possa parecer aqui, mesmo com alguma perda, não carrego comigo nenhum arrependimento. Talvez por isso eu acredito que me qualifique um pouco para tentar sugerir a alguém alguma coisa útil sobre amizade.

Outro dos temas mais presentes como causa de afastamentos, pela minha experiencia, é o da tirania na amizade. Percebi que muitas amizades, até de grande afeto e intimidade, insistiam em se manter tiranizando-me. E eu passei a não permitir mais esse tipo de vínculo e busco estar atenta e evidenciar nas pessoas essas atitudes que pra mim já não são nada atraentes, nem tampouco saudáveis. Por amizade tirânica eu defino aquela onde cumprir um protocolo de regras e compromissos passa a ser mais importante que muitos valores como o amor, o crescimento, o respeito e a compreensão mútua. Algumas pessoas parecem acreditar que por ser meu amigo lhes dá o direito de cobrar coisas e serem agressivas como se eu realmente tivesse que cumprir algum código de honra, ou um passo-a-passo para satisfação da carência alheia ou um calendário anual de eventos obrigatórios aos amigos tiranizáveis. 😀 Hehehehehe. Isso existe e me incomodou muito, mas hoje em dia lido com as tiranias ainda presentes nas relações de amizade de um modo muito melhor e me permito até brincar. Brinco, sim, na medida do possível. Costumo dar minhas conhecidas gargalhadas hiper-sonoras em resposta a alguns amigos que se excedem e esperneiam cobrando uma justificável ausência minha no dia-a-dia. Atençao, não que a ocasião criada pelo amigo não seja importante pra mim, mas é a atitude de cobrança que não deve ser excessiva nem carregada e o peso, carência e agressividade jamais podem se sobrepor à leveza, a alegria e o prazer de conviver.
Várias são as razões para o afastamento das pessoas, não necessariamente a falta de um sentimento profundo ou de amizade verdadeira, às vezes é apenas a própria efemeridade natural de alguns tipos de relações. Aprendi que muitas pessoas que passam por nossa existência, quando menos se espera, se afastam, ora por concluir uma etapa misteriosa de evolução e aprendizado, ora pela seleção natural de afinidades, como um ciclo que se fecha.

A vida deve seguir sempre fluindo. Cada um tem, ainda, os seus bons e maus momentos. O maior aprendizado foi o de entender melhor as razões para o afastamento de todos nós. Costumo comparar a dinâmica das relações como uma dança aos pares e a mudança de alguns passos na dança do afeto e da amizade pode deixar de ser conveniente para alguma das partes e se deixa simplesmente de dançar.

A exemplo do que eu já lutei (e ainda luto) contra atitudes inconvenientes ou contra pisões nos pés ao longo da dança poderia citar várias situações. Algumas soariam tristes, outras leves, cômicas ou até infantilmente ridículas. Talvez seja um estilo meu, mas busco verdadeiramente a leveza e o bom humor sem deixar de dizer claramente quando um tipo de comportamento não me interessa mais. Continuo, é claro, muito atenta principalmente ao “modo” para impor limites difíceis, afinal estou lidando com pessoas amigas. Tento sempre falar com o devido carinho, para quem ainda me interessa manter e transformar, mas aprendi a duras penas que dificilmente se extingue um comportamento ambíguo muito arraigado ou inadequado sem algum tipo de dor de crescimento. Se existir amor a amizade permanece com outras bases mais seguras, mas se não, extingue-se. Melhor assim. Mesmo sendo muito difícil abrir mão de certos apegos.

Longe de mim parecer que não creio na amizade ou que amigos não são muito importantes. Ao contrario, são e MUITO. Nem cometo o engano de achar que não possa eu também melhorar nas minhas relações. A cada momento de revelação de alguma dificuldade em relacionar-me ou aparente discórdia procuro voltar a mim e buscar refazer o caminho percorrido todo de novo. Acredito que devo primeiro me rever pra depois tentar levantar a cerca dos limites para o outro. Buscando de antemão os meus propósitos de harmonia e do bem. Nem sempre acerto, mas o meu objetivo tem sido o de continuamente experimentar para continuar a aprender. A realidade muda o tempo todo. Fato inevitável. A cada encontro alguns amigos antigos ou distantes podem parecer inadequados perante a nova LuLu que ressurge. É preciso estar atenta para identificar o sentimento puro e verdadeiro. Replantar é muito importante sem jamais deixar de cultivar e cuidar o que já existe. Pela minha natureza, para o bem da minha evolução, nesse solo fértil que é a minha vida, quero prosseguir alimentando, regando e oxigenando as antigas amizades e permanecer aberta à criação de muitos mais novos e frutíferos laços.

Algumas lições que aprendi:

– Ninguém está totalmente certo, nem totalmente errado.

– Amigos surgem de onde menos se espera.

– Amigos desaparecem, às vezes quando mais os esperamos.

– Amigos ressurgem.

– Todos merecem respeito.

Escrito por LuLu no Cafofo da LuLu, 16 de Fevereiro de 2007.

Read Full Post »

Vencer os outros não chega a ser uma grande vitória.

Vitorioso é aquele que consegue vencer a si mesmo, o que é muito mais difícil.

Ela requer mais coragem, mais disciplina e mais decisão.

O simples fato de tentar de novo já será sua primeira vitória.

Read Full Post »

Entao,

Foto By LuLu na Italia ©

Ser feliz nao é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza.

Nao é apenas comemorar o sucesso, mas aprender liçoes nos fracassos.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oàsis no recondito da alma.

Ou no meu caso especìfico…

É atravessar a neve fora de mim, mas ser capaz de encontrar uma fogueirinha num canto da alma.

Read Full Post »

10… 9…

Atualizar correspondência, organizar favoritos do laptop, fazer backups, separar cd’s, dvd’s, Levar maquina fotográfica na manutenção, separar fotos, imprimir, arrumar na mala.

Abrir caixas, rever presentes de casamento guardados, rever livros, separar, definir quais levar, limpar, doar, embalar, arrumar na mala.

Esvaziar gavetas e armários, experimentar roupas, separar, doar as que não servem mais, comprar tecido, botão, zíper, aviamentos, levar na costureira, definir modelos, desenhar, consertar, trocar botões, fazer bainhas, soltar costuras, lavar, passar, dobrar, arrumar na mala.

Rever sapatos, lavar, definir quais levar, doar, reformar, ajustar, arrumar na mala.

Buscar documentos novos já com o nome de casada, separar  históricos escolares, certificados, diplomas, levar no tradutor juramentado e traduzir pro Italiano.

Comprar polvilho, farinha de mandioca, fubá,  fermento em pó Royal, gelatina solúvel, Nesquik de morango, sucos em pó, goiabada, castanha de cajú, castanha do pará, feijão preto, lembrancinhas, Naridrin e Maracugina.

Comprar mala nova.

Pesar malas.

Notas Mentais:

Vai dar, eu sei que vai.

É incrível a força que as coisas parecem ter quando elas precisam acontecer.

Read Full Post »

Tudo ou Nada

De repente eu me toquei que já ia virar um mês sem dar as caras aqui no blogue. Quanto mais o tempo ia passando maior ficava o bloqueio, então resolvi vir logo tentar colocar as idéias em dia.

Pra quem não sabe, eu ainda estou no Brasil e ainda vou ficar até o fim do ano pra dar conta de resolver o tanto de coisas que tenho que providenciar antes de voltar pra Itália. Desde que eu cheguei já comemorei o aniversário da mamãe e os meus 40 anos, já trabalhei num evento para um grande shopping de Brasília, o marido Ernesto veio e viajamos numa segunda lua-de-mel para o Rio de Janeiro (que foi MA-RA-VILHOSA!), organizei algumas coisas pendentes, já comecei a providenciar meus documentos novos… enfim, são tantas emoções que nem sei por onde começar direito… e…  por isso eu sumi daqui. Toda vez que vivo intensamente um momento, me perco e acabo não me exprimindo bem nesse mundo virtual que criei pra manter os amigos atualizados.  Tenho uma bobagem de achar que se não fizer tudo perfeito é melhor não fazer nada.

Nota mental: No fundo, eu criei essa mania de justificar algumas atitudes de fuga pela intensidade mas, não sei se gosto de viver essa montanha russa de emoções.

Read Full Post »

Desde que cheguei nao paro de pensar na Italia. Aliás, desde que saí de lá. Quando fui, foi a mesma coisa. Nao parava de pensar no Brasil. Será que algum dia esse pendulo se estabiliza? To me sentindo meio tonta com isso.

Amigo é coisa.. viu? Mas.. Que coisa! Que coisa boa!

Se abraço valesse dinheiro, eu tava rica.

O teclado tem TILLL!!!! Mas eu vivo esquecendo de usar.. hahahaha… 

Namorar o marido Ernesto virtualmente é uma mer**!

Sao 3 horas da manha e eu to aqui acordadona! Hoje já é dia 19 e só agora me toquei! Feliz Aniversário piminha!!!

Tô deslumbrada do quanto as pessoas sao simpáticas! Voce tem noção disso?! Todo mundo ri, aqui! Da caixa da padaria ao cara da bomba do posto de gasolina (como é que se chama essa profissão, hein? Esqueci…)

Tava colocando gasolina no carro da mamãe pra gente sair pra fazer umas comprinhas e na hora de ir embora eu agradeço ao atendente: buon lavoro! Hehehehehe.. To assim, misturando tudo com todo mundo.

Que estranho que foi o primeiro dia quando todo mundo só falava português à minha volta. Rádio, TV, placas.. TUDO! Pirei!

Já vou melhorando, mas ainda estranho cama, travesseiro, erro ruas, perco o sono, nao sinto fome… Ai,ai. Ainda to doidinha, doidinha… Ou pior… Como diz um amigo querido: mulher nao endoida… piora.

Adaptação ao fuso horário… Redaptação ao portugues… Readaptaçao ao teclado com TIL! Ops..esqueci de novo.. hehehehehe..

🙂

Read Full Post »

Partida

Etna - Foto By LuLu na Italia

Etna - Foto By LuLu na Italia ©

Partí.

É tanta emoção junta que eu ainda me sinto meio anestesiada.  Os lugares, tantas vezes percorridos, são familiares, as pessoas falam português o tempo inteiro à minha volta e… ainda assim, eu continuo me sentindo um estrangeiro numa terra estranha.

Nenhuma lágrima tem sido poupada. De longe, sou a melhor chorona que eu conheço. O lado bom é que fazia tempo que eu não me sentia tão competente em alguma coisa.

A sensação do abraço (o primeiro de muitos) que recebi da minha sobrinha Brunequinha no aeroporto de Brasília ainda está gravado na pele. Assim como ainda trago na retina a imagem do rosto cheio de lágrimas do marido Ernesto no aeroporto em Catania. Realidade estranha, aliás, mesmo que temporariamente, é a do marido lá, eu aqui, e um ribeirão passando no meio… Ou melhor, um oceano.

 

Nota mental: Nada nos pertence, essa é uma grande descoberta, além de que a separação é uma ilusão.  Finalmente consegui perceber essas verdades na alma, mas…  porque será que ainda me dói tanto?

Read Full Post »

Travei

A ausencia de palavras nao é o meu forte.. mas quando me pega assusta mais do que a gripe suína..

SOCORROOOO!

Read Full Post »

Tem coisa que a gente nao aprende por pura preguiça ou porque nao prestou atençao direito. Tem coisa que jà começa a fazer parte do DNA e nao precisa mais nem pensar pra fazer. Tem coisas que enriquecem, aprimoram, tem outras que ferem, marcam feio, entristecem, mas aprender ainda é o mais importante.

Aprendi, por exemplo, que começar é apenas o primeiro passo e nao nos garante nada durante a caminhada. Devemos nos manter atentos, muito atentos, aos minimos detalhes, a nòs mesmos, aos outros e além. E, seja com frio, sol à pino, chuva, granizo, vento, neve, sombra e agua fresca caminhar em boa compania é muito mais prazeiroso.

Jà aprendi a me comunicar muito bem na lingua italiana, leio perfeitamente,  falo bem, ainda que com um sotaque inconfundivel, começo a me atrever a escrever algumas coisinhas e tenho me saìdo razoavelmente bem. Com a nova reforma ortografica brasileira parece que estou desaprendendo é o portugues.

Aprendi que a primeira vez a gente nunca esquece… se for muito boa ou se for muito ruim, porque se for mais ou menos a gente esquece sim.

O mundo inteiro tem problemas sociais, problemas economicos, preconceito,  ignorancia, gente doida e todo tipo de dificuldades. Somente  distante do meu paìs é que aprendi o significado das palavras naturalidade, nacionalidade  e cidadania.

Concordo plenamente que “escrava-remunerada”, ou empregada-doméstica, seja uma profissao que deva ser, no minimo, muito valorizada e revista com muito cuidado, pois aprendi que o serviço de casa é indigno, como bem definiu uma amiga-amada. Considero limpar, lavar e arrumar chato, banal, cruel, cansativo, nojento, repetitivo e  nada recompensante. O pior é passar roupa.. affff-maria… que sacooo!!! Cozinhar, é a unica coisa que compensa.

Aprendi a comer pasta ou pao todo dia, a comer queijo todo dia e a tomar vinho quase todo dia. Na hora de falar o meu peso depois das festas de final de ano eu olho pro lado, assovio e mudo de assunto, ok?

Aprendi que o prazer de comer depende muito do meu estado de espirito. O gosto que tem um sorvete de pistacchio que eu tomei sentada na Piazza de Spagna em Roma, no dia do meu aniversàrio, em companhia de minha mae-D.Conceiçona e do marido-Ernesto, por exemplo, nao é o mesmo do  sorvete de pistacchio que eu tomo aqui na pracinha em  Trecastagni  na Sicilia, em frente ao cinema, numa terça-feira qualquer depois de assistir o filme da semana com o marido-Ernesto, ainda que sorvete de pistacchio  seja  bom de todo jeito e o sorvete italiano seja o melhor do mundo!

Saudade era uma coisa que eu jà sabia, mas aprendi a conviver diariamente com ela, tal e qual um calo, daqueles beeeemmm antigos, que incomodam e apertam, mas a gente dà uma lixadinha pra ajeitar, ou muda de sapato pra afrouxar e sai pra rua assim mesmo.

Read Full Post »

LuLu e o Meme

A Sil do blog Esquina da Sil propos um meme e eu gostei da idéia de começar o novo ano contando um pouco de mim.

As regras são as seguintes:

1. Linkar a pessoa que te indicou.
2. Escrever as regras do meme em seu blog.
3. Contar 6 coisas aleatórias sobre você.
4. Indique mais 6 pessoas e coloque os links no final do post.
5. Deixe a pessoa saber que você o indicou, deixando um comentário para ela.
6. Deixe os indicandos saberem quando você publicar seu post.

Então, vamos lá.
1 – Sou virginiana com ascendente em cancer, tenho a lua em gemeos, venus em leao… e.. sim… sou aficcionada por zodiaco. Gosto de me informar sobre signos, arquetipos e simbolos e entendo um pouquinho de mapa astral. Sei apenas o suficiente para puxar assunto num evento social, nada além disso. Nao me peçam para dar consultas esotéricas, nem fazer leitura de mao, por favor. 🙂

2- Gosto de ler. Muito, mesmo. Costumo ler tudo o que cai na minha mao, incluindo rotulo de produtos, bula de remédio, rodapé de pagina e letrinhas miùdas de contratos. Leio coisas paupàveis e virtuais todos os dias. Em portugues, ingles e agora em italiano. Na minha cabeceira atualmente se encontram, além do mini-dicionàrio portugues/italiano que a Dani me deu,  os livros: Efeito Isaìas – Decodificando a Ciencia Perdida da Prece e da Profecia – de Gregg Braden;  O Fim da Infancia (relendo) – de Arthur Clark; e I Segreti delle Mummie – Dall’antico Egitto all’impero Inca, un viaggio verso l’eternità – de Heather Pringle.

3- Como mania e hobbie tenho a fotografia digital. A paixao que foi despertada hà pouco mais de 4 anos quando ganhei a minha primeira camera automatica se reacendeu agora no Natal quando ganhei uma nova camera, semi-pro, com muitos mais recursos para descobrir e coisas novas para aprender. Me aguardem.

4- Morando num paìs novo, conhecendo uma nova culinària e descobrindo sabores novos todos os dias acabei me surpreendendo positivamente e desenvolvendo um paladar muito mais refinado… descobri que gosto de tudo, do mais simples ao mais sofisticado… mas… tem uma coisa que eu nao gosto… nunca gostei… como, por necessidade nutricional… mas nao gosto… de banana.

5- Hà poucos anos atràs descobri que tinha desenvolvido uma sindrome digestiva de intolerancia à lactose. Uma intolerancia tao alta que passei os ultimos anos sem tomar nenhuma gota de leite in natura e a evitar radicalmente derivados de leite ou produtos que contivessem até mesmo pequenos traços de leite em sua elaboraçao. Anos de sofrimento que pareciam sem esperança de cura. Pois bem, meu marido-amor-companheiro-de-vida-medico-particular começou esse ano um tratamento homeopàtico desintoxicante  e… TCHAN-TCHAN-TCHAN-TCHAM!!!!!… jà estou comendo queijo novamente!! Ainda com parcimonia, em dias alternados, mas jà posso me deliciar com alguns dos maravilhosos manjares dos deuses italianos, queijos frescos, stagionados, pecorinos… hummmmm… EBAA!!!!!!!!!

6- Quem me conhece imagina à primeira vista que eu seja uma fortaleza, poderosa e vitaminada e eu tenho mesmo um jeitao de fortona, mas na verdade é sò uma carapaça. Por dentro sou suscetivel, instavel, fragil e tao sensivel… tao sentivel, mas tao sensivel que qualquer beijo de novela me faz chorar. Esses tempos aqui, longe dos meus amigos-amores-familia foram bem dificeis e quase me fizeram derreter inteira. Tou botando a maior fé em um 2009 menos aguado.

Bom, convido para a idéia do meme:

Rosanna, Dani, Karina e Martha, Patu, Sheila.

Read Full Post »

Aiiii..

Que saudade!

Read Full Post »

Ei!! Me animei quando li isso aqui, ò:

O poder dos alimentos que queimam gordura corporal

Esses verdadeiros achados não têm contra indicação e promovem uma queima de gordura de forma natural. Veja abaixo como eles agem no seu organismo.

Peras Lote sua fruteira de peras se quer perder peso . É o que dizem estudos feitos na Universidade do Rio de Janeiro. No estudo, que foi publicado na revista Nutrition (EUA), mulheres que comeram três peras por dia, ingeriram menos que o total de calorias diárias permitidas, e perderam mais peso do que as que não comeram a fruta. Ricas em fibras, as peras ajudam a pessoa a sentir saciada, o que evita que a mesma coma demais nas refeições principais. Uma pêra antes da refeição ajuda a amenizar a fome de leão , porém deixe a casca! A maior parte da fibra esta lá!

Grapefruit ou Toranja
De acordo com pesquisadores da Scripps Clinic, na Califórnia, EUA a ingestão de meia toranja antes de cada refeição pode lhe ajudar a perder peso – até um quilo por semana- mesmo se você não mudar mais nada em sua dieta. Os autores do estudo dizem que um composto da fruta ajuda a regular a insulina, hormônio que armazena gordura.
Como comer?
Casca e polpa. Cortadas em pedaços, as adicione à salada de espinafres. É também bom acompanhamento para camarão ou simplesmente descascadas, cortadas em tiras.

Amêndoas
Comer um punhado de amêndoas por dia, juntamente com uma dieta saudável, poderá ajudá-lo a secar gordura, sugere pesquisa publicada no International Journal of Obesity, EUA. Uma dieta-estudo pediu aos participantes que ingerissem amêndoas diariamente durante seis meses. O resultado: perderam 18% da sua gordura corporal. Os que seguiram uma dieta com a mesma quantidade de calorias e de proteínas, mas sem amêndoas, e com carboidratos complexos (como bolachas de trigo) perderam apenas 11%.
Como comer?
Ótimas para deixar na sua mesa para pequenos lanches ou picadas e adicionadas à iogurtes e/ou vitaminados.

Chocolate
Quem resiste a um bom chocolate? O chocolate amargo – e outros alimentos ricos em antioxidantes – podem ajudar a evitar a acumulação de gordura nas células do corpo, precursor para doenças cardíacas e obesidade, segundo a nova pesquisa de Taiwan, publicada no Journal of Agriculture and Food Chemistry.
Como comer?
Derreta meia barra de chocolate escuro no microondas por 30 segundos e espalhe em frutas de sua preferência.

Feijão branco
Eles são carregados de amido resistente, um poderoso queimador de gordura (meia xícara tem quase 10 gramas de amido resistente). Se você comer feijão branco com outros alimentos ricos em amido resistente, na mesma refeição, você pode queimar 25% mais gordura do que de outra forma, segundo pesquisadores da Universidade do Colorado, EUA.
Como comer?
Em saladas: com cebola, alho e azeite. Adicione duas latas de feijão escorrido, misture e sirva.

Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo.
Para saber mais, acesse: www.nutrijobst.com

_________________________________________________

Me dei bem! A Sicilia é a rainha das amendoas, peras, laranjas, toranjas e feijao branco!!! Jà fiz meu estoque! 😉

NOTAS MENTAIS:

Gostei do cara novo que elegeram là no Paìs-carro-chefe-das-Americas! Tem nome de terrorista, pele de ancestrais mouros, mae Americana, pai Queniano, nascido no Havaì, criado na Indonesia, primeiro afro-americano presidente da Harvard Law Review, unico senador afro-americano na atual legislatura, casado e bom pai de famìlia…. Parece uma mistura excelente para um grande lider do novo milenio. Good luck, Mr. President! Happy government to you!

Read Full Post »

Hoje teve terapia e eu vou logo avisando que fiquei muito mexida. Muito. Falamos de atitudes minhas que me incomodam profundamente e que por mais que eu tenha consciencia, ainda nao consegui me livrar delas. Foi phoda me expor. Saì de là bem cansada. Ainda estou com a cabeça quente. Aproveito esse momento pra refletir sobre um artigo que li essa semana (nada é por acaso) e que fala de inteligencia emocional.

O especialista da matéria garante que a inteligencia emocional pode ser desenvolvida. Ele conta que existem cinco áreas que devem ser trabalhadas pelo individuo:

Eu me conheço:  A primeira delas, me parece òbvia e ao mesmo tempo uma das mais profundas e dificeis que é a area do autoconhecimento, a sinceridade que cada um tem consigo mesmo para avaliar as suas habilidades e qualidades de maneira verdadeira, permitindo-se e aceitando observaçoes de terceiros, para reconhecer como as suas emoçoes afetam seu desempenho e a ligaçao entre o que pensa, o que sente e a sua maneira de agir. Devemos parar alguns minutos antes de enfrentar um desafio que gera tensao emocional e perguntarmos: Qual é a emoçao que estou sentindo neste momento? Como eu posso pensar e agir diferente nesta situaçao?

Eu me gerencio: Nesta segunda etapa, devemos trabalhar o autocontrole, aquele bendito freio que nos permite pensar antes de agir, conseguindo, assim, administrar nossos impulsos, para nao explodir e depois nos arrependermos. E’ importante termos a capacidade de nos adaptarmos às situaçoes para alcançarmos um objetivo e também termos foco em momentos de pressao. Devemos ter sempre um objetivo em mente e pensar quais seriam os passos para alcançá-lo. A proposta é perguntar-nos frequentemente: qual comportamento construtivo eu posso ter agora para alcançar meu objetivo?

Motivaçao: Dizem os estudiosos que todas as pessoas tem um propòsito, um motivo para agir. Estar pronto para agarrar as oportunidades, superar os obstàculos e aprender com eles para seguir em frente é muito importante. Devemos nos mobilizar para alcançar a realizaçao. O especialista afirma: Uma pessoa motivada tem iniciativa e persistencia. Reflitamos: suas decisoes sao motivadas pelo medo de perder ou pela esperança de ganhar? O que voce precisa fazer para alcançar seu objetivo?

Eu conheço o outro: Nesta fase do nosso trabalho, precisamos observar as pessoas ao nosso redor. E’ preciso mostrar sensibilidade ao ponto de vista do pròximo, buscar maneiras de conquistar a confiança alheia e estudar o nível de satisfaçao do outro. Enxergar  e respeitar as diferenças como oportunidades de crescimento faz toda a diferença. Constantemente devemos avaliar nossa capacidade de nos colocarmos no lugar do outro, de compreendê-lo. Façamos, por exemplo, uma lista das qualidades, talentos e dificuldades das pessoas ao nosso redor. E’ o momento de pensar também naquelas idéias pré-concebidas que temos do nosso pai, ou mae, sogra, ou sogro, irmaos, cunhadas, irmas, maridos, filhos, amigos, chefe, colegas de trabalho… Essas impressoes, num segundo olhar, podem nao passar de puro preconceito. Estejamos atentos a isso.

Eu gerencio o outro: Agora é o momento em que exercitamos a chamada liderança situacional, gerenciamos conflitos, colaboramos, dialogamos, construìmos alianças e desenvolvemos nossa relaçao com o outro. Nesta parte do trabalho, podemos observar nossa capacidade de lidar com pessoas difìceis. O especialista propoe que desafiar o status quo, ou seja, como as coisas sao é uma forma de avaliar como voce gerencia os outros. Aproveitamos, entao pra refletir sobre algo importante que desejamos comunicar, aquele papo que nunca conseguimos começar, por exemplo, e nos perguntamos: o que é mais importante nesta mensagem para mim? E para o outro? Pense, ainda, se existe uma melhor maneira de dizer o que deseja.

 

Notas Mentais:

Hà alguns anos atràs julguei-me uma analfabeta no quesito inteligencia emocional. Hoje posso dizer que jà consigo contar de 1 a 20, sei somar e subtrair, conheço o alfabeto e sei assinar meu nome.

Se é dificil dizer uma coisa, muito provavelmente é dificil ouvir também, entao, cuidado redobrado.

Quero exercitar a fantasia onde meus sentimentos mais sombrios, pesados e dificeis de lidar, como a raiva, por exemplo, sao como uma GRANDE PEDRA que eu posso dividir, esculpir e moldar transformando em varios lindos objetos que irao enfeitar a minha casa, minha vida e meu ser.

Auto-conhecimento é a chave que abre TODAS as portas.

Auto-conhecimento é principio, meio e fim.

Chega de ter medo de mim.

Read Full Post »

(Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.)

Saudade é uma das palavras mais presentes na poesia de amor da língua portuguesa e também na música popular, “saudade”, só conhecida em galego-português, descreve a mistura dos sentimentos de perda, distância e amor. A palavra vem do latim “solitas, solitatis, solitáte“, (solidão), na forma arcaica de “soedade, soidade e suidade” e sob influência de “saúde” e “saudar”.

Diz a lenda que foi cunhada na época dos Descobrimentos e no Brasil colônia esteve muito presente para definir a solidão dos portugueses numa terra estranha, longe de entes queridos. Define, pois, a melancolia causada pela lembrança; a mágoa que se sente pela ausência ou desaparecimento de pessoas, coisas, estados ou ações. Uma visão mais especifista aponta que o termo saudade advém de solitude e saudar, onde quem sofre é o que fica à esperar o retorno de quem partiu, e não o indivíduo que se foi, o qual nutriria nostalgia. Saudade é uma espécie de lembrança nostálgica, lembrança carinhosa de um bem especial que está ausente, acompanhado de um desejo de revê-lo ou possuí-lo. Uma única palavra para designar todas as mudanças desse sentimento é quase exclusividade do vocabulário da língua portuguesa.

Recentemente, uma pesquisa entre tradutores britânicos apontou a palavra “saudade” como a sétima palavra de mais difícil tradução.

Pode-se sentir saudade de muita coisa:

– de alguém falecido.
– de alguém que amamos e está longe ou ausente.
– de um amigo querido.
– de alguém ou algo que não vemos há imenso tempo.
– de alguém que não conversamos há muito tempo.
– de sítios (lugares).
– de comida.
– de situações.
– de um amor

NOTAS MENTAIS

A saudade é chata, boba e feia.

A saudade é brega.
Saudade do vovo, almoço em familia, abraço de irma, chamego de tia, cheirinho da mamae, 😀 risadas gostosas, sobrinha Bruneca, sair pra dançar, vista da janela, telefonemas a qualquer momento sem ter assunto e ficar horas, afilhado-tipi..tipi-pererequinha-pequeno-minalinda-grandoes, fofocar, cafuné da vovo, cozinhar pros amigos,  comidinha gostosa da Ana, roupa lavada e passada pronta no armario, falar no msn com Ernesto, meu laptop deitada na cama, por-do-sol de Brasilia, amigas-irmas, sair prum rolé, conhecer os caminhos, banho de chuva, estar rodeada de amigos…
A saudade mata a gente, morena.

Ana Carolina – O avesso dos ponteiros

Read Full Post »

A ARTE DE NEGOCIAR

Pai: Filho, escolhi uma ótima moça para você casar.
Filho: Mas pai, eu prefiro escolher a minha mulher.
Pai: Meu filho, ela é filha do Bill Gates.
Filho: Bem, neste caso eu aceito.

Então o pai negociador vai encontrar o Bill Gates.

Pai: Bill, eu tenho o marido certo para sua filha.
Bill Gates: Mas a minha filha é muito jovem para casar…
Pai: Mas esse jovem é vice-presidente do Banco Mundial.
Bill Gates: Ah, neste caso tudo bem.
Finalmente o pai negociador vai ao Presidente do Banco Mundial.

Pai: Sr. Presidente, eu tenho um jovem recomendado para ser o vice-presidente do Banco Mundial.
Pres. Banco Mundial: Mas eu já tenho muitos vice-presidentes, até mais do que o necessário.
Pai: Mas Sr., este jovem é genro do Bill Gates.
Pres. Banco Mundial: Neste caso ele pode começar amanhã mesmo.

MORAL DA HISTÓRIA:
Não existe negociação perdida. Tudo depende da estratégia. 

NOTAS MENTAIS:

Acordar com dor de cabeça virou lugar comum esses ultimos dias. Ai..ai! 😦

A dieta segue. Média 1.500kcal/dia. Também, com esse gosto de pano de chao sujo na boca, quem é que consegue comer?

Fiz minha unha pra agradar meu lado mulherzinha. To tentando negociar com meu humor mas, quando nem a “francesinha” resolve é que a coisa tà braba!!

Ernesto està de plantao de 24 horas. Vou me meter debaixo das cobertas e sò saio amanha.

Read Full Post »

76,200 kg

Me pesei hoje apòs o café da manha. Com apenas uma pequena mudança, em 10 dias consegui reduzir 1 quilo: 76,2kg! Me sinto satisfeita, claro, mas quero restringir ainda mais. Venho, entao, me preparando e me conscientizando de que preciso fazer um esforço maior pra atingir a minha primeira meta e quero dosar muito bem a pilula. Tenho estudado dicas de nutriçao, conceitos sobre dietas e reeducaçao alimentar. Tenho projetado uma auto-imagem de uma nova LuLu, mais magra, saudàvel e real, dentro da minha pròpria estrutura e dentro das minhas possibilidades. Quero tratar a minha auto-estima com cuidado, quero caminhar com sabedoria, pois tenho visto estòrias fortes e tristes sobre as consequencias de se reduzir peso de maneira equivocada, como anemia, anorexia, bulimia, compulsao, desespero e medo. 

Nessas buscas auto-inspiradoras sobre a beleza real, encontro imagens de modelos e atrizes atuais magras e maravilhosas e, nao vou negar que, algumas me atraem mas me identifico muito mais com as imagens das célebres obras, de vàrios autores ao longo da història da humanidade, sempre com mulheres lindas e… “normais”, é, quase nada de magreza e algumas com formas até bem cheias e bastante curvas… Detive-me na obra dos grande pintores europeus e um detalhe, além das constantes “grandes” musas, me serviu para refletir muito. 

Renoir, o grande pintor frances, apòs os 50 anos de idade começou a sofrer de artrite, que, agravada com o passar dos anos, causava-lhe grande dificuldade no uso das maos. Apesar das graves limitaçoes físicas que a artrite lhe impos, continuou trabalhando até o último dia de sua vida. Uma de suas grandes obras, que ilustro aqui, As Banhistas, encontra-se exposta no Louvre e foi terminada em 1918, quando ele tinha jà seus 77 anos de idade.

As Banhistas

As Banhistas - Renoir - 1918

Em 1917, ele recebeu a visita de um jovem pintor chamado Henri Matisse que, visivelmente interessado em estudar o trabalho do famoso pintor e transportar suas idéias sobre cor a uma nova era, passa a frequentar a casa de Renoir e, mesmo com a diferença de quase 30 anos entre eles, acaba por tornar-se seu amigo. Eu li, certa vez, que Matisse observava, tristemente, enquanto Renoir, com pincéis amarrados as maos, ou pegando uma escova apenas com as pontas dos dedos, continuava a pintar, apesar de dizer que sentia punhaladas de dor em cada movimento. Dizem, ainda, que um dia Matisse perguntou a Renoir por que ele persistia na pintura às custas de tanto sofrimento e tamanha tortura. Renoir respondeu: “A dor passa, mas a beleza permanece.

Pierre-Auguste Renoir morreu em Cagnes, no dia 3 de dezembro de 1919, aos 78 anos, reconhecido como um dos maiores pintores da França.

NOTAS MENTAIS:

Aceitar transformaçoes inevitàveis sem sofrer com o que nao posso mudar é tanta sabedoria quanto me empenhar ao màximo para atingir um objetivo.

Toda paixao carrega em si alguma dor.

Nao pretendo buscar nenhuma dor para obter a minha meta mas sei (e repito) que preciso de maior esforço.

Nao sei se o conceito de beleza nasce conosco mas, tenho certeza que, sofre muita influencia do meio.

Read Full Post »

Faxina Geral

Sexta veio aqui em casa uma pessoa que estamos querendo contratar pra fazer faxina.  Aqui se diz: donna di servizio. Coisa rara, rarìììììssima! Cada um que limpe o seu! Aqui se cobra caro pra limpar o dos outros, sabe?  Nao é essa facilidade do Brasil, nao. Entao, apertamos o cinto mas, finalmente uma domestica pra me ajudar, uma vez por semana, porque a vida na Italia é culta, é bella, é dolce, mas nao é mole nao, meu camarada! Tà phoda esse negòcio de varrer todo dia, limpar todo dia, cozinhar todo dia… PUTZ! Me dà uma raiva! Nao acaba NUNCA! Como diz uma amiga-baranga-amada: é indigno!

Detesto limpar banheiro, detesto passar pano de chao… Acho, sinceramente, TUDO um saco, mas pra mim o que é pior é PASSAR ROUPA! Em absoluto! O campeao dos campeoes de chatice. Sem contar que, por eu nao saber fazer bem e nao ter pratica nenhuma-nenhuma, depois de horas de esforço sobre-humano, sai tudo quase a mesma bos…! Minha sogra diz que eu exagero, que eu devo ter paciencia e calma… Mas acho que é isso que eu nao tenho. CAAALMAAAAA!!!!! HAHAHAHAHAHAHA!! Ai..ai..

Como a bendita senhora nao ficou pra trabalhar, conversou, conversou e começarà somente na semana que vem, sobrou a casa inteira e acumuladamente imunda pra fazermos a faxina! E foi assim no fim de semana. Aproveitamos e fizemos limpeza de alto a baixo, dos pés à cabeça, por dentro e por fora… na casa, no corpo e na alma.

——————–  ——————–

Total de Sexta: 1.572 kcal

Café da manha (275kcal): 1 ovo mexido (120kcal)+ 1/2 pao de cachorro quente (90kcal) + 1 col chà de geleia de goiaba light (15kcal) + 200 de suco de maracujà (50ml)

Almoço (550kcal): penne com pimentao (500kcal) + 200ml de suco de maracujà (50ml)

Meia tarde (90kcal): 200ml de suco de manga (90kcal)

Jantar (657kcal): 1 fatia de torta de espinafre (200) + 4 col sopa de feijao (352kcal) + 3 col sopa de vinagrete (105kcal)

NOTAS MENTAIS:

Sinto mais fome de noite do que na hora do almoço.

Quero comer mais legumes, verduras e frutas.

Fazer listinha de compras para me preparar pra essa nova fase.

Acho que dà pra me manter em torno disso, 1.500kcal, tranquilamente.

Decidi nao descrever mais aqui detalhes de cardàpio, vou colocar somente o final e anotaçoes importantes.

Me peso amanha. 😀

Read Full Post »

Verdade

Verdade é igual nariz, cada um tem a sua. Eu sei que o ditado nao é exatamente assim, mas serve. O que eu quero dizer com isso é que em cada estòria tem sempre a experiencia de cada um para observar, a sua versao dos fatos, um ponto de vista diferente. Quem nao aceita esse fato se fecha e corre o risco de nao evoluir pra lugar algum. Jà fui assim e hoje nao sou mais tao rigida a ponto de nao aceitar outras verdades, mas tem situaçoes onde os fatos, simples, pontuais, falam uma verdade propria e é dificil divergir.

Ainda refletindo sobre a verdade quase sempre me vejo atormentada por velhos fantasmas de natais passados, onde pessoas que eu confiava me faltaram com ela. Descobrir depois incomoda muito mais do que saber na hora, de maneira geral. Me faz muito mal, me faz sentir-me traìda e com muita raiva. Me faz duvidar da minha intuiçao e, por um tempo, passar a desconfiar de tudo e de todos. Jà deixei de dizer a verdade também, por omissao ou medo, e me arrependo muito até hoje. Isso também me tortura. Ainda volta nos meus pesadelos. Me sinto um pouco presa a esses fatos, amarrada numa sensaçao de coisa mal acabada. Por isso, acredito que a verdade liberta, às vezes dòi, mas deve ser dita. Prefiro que me digam. Prefiro dizer.

E voce?

——————–  ——————–

Total de ontem: 1.878kcal

café da manha (165kcal): 200 de chà verde (75kcal)+ 200ml de suco de manga (90kcal)

Meia manha (64kcal): 1 pera (64kcal)

Almoço (568kcal): espaguete al pesto (330kcal) + 2 almondegas (108kcal)+ 1/2 pao frances (70kcal)+ 1 ft de melao (60kcal)

Meia tarde (90kcal): 200 de suco de manga (90kcal)

Jantar (991kcal): 2 linguiças tipo calabresa caseiras (500kcal)+ 1 fat de pao italiano (154kcal) + 1 col sopa de vagem com molho de tomate (26kcal) + 3 col de sopa de vinagrete (cebola/tomate/pimentao) (105kcal) + 1 tomate seco (50kcal) + 200 de laranjada Tomarchio (96kcal) + 1 ft de melao (60kcal)

NOTAS MENTAIS:

Ontem, almoço e jantar na casa dos sogros. Me incomodou. Nao teve jeito, mas olha o resultado! Quem mandou ter sogra italiana e que ainda por cima cozinha divinamente coisas hiper-uber-caloricas? Ta certo.. ta certo a culpa é toda minha que nao consigo resistir! 🙂

Gostei de comer frutinhas e suco nos intervalos das refeiçoes.

Read Full Post »

A normalidade sempre me pareceu uma coisa relativa. Deixando de lado o chavao, é a mais pura verdade que todo mundo sabe de si e reconhece nas suas sombras o seu proprio fator de loucura. Uns mais, outros menos conscientes mas, para todos nòs, conviver com a propria loucura é uma arte dificil. Conviver com a loucura alheia, entao, seria como a mais perigosa das artes circences, seria viver suspenso num trapézio. Perigoso, né? E pra nao despencar de là de cima é necessario um exercìcio constante de força fisica e mental, paciencia, tolerancia, cumplicidade, confiança e maturidade….

Na corda bamba do relacionamento, em meio a todas as nossas diferenças culturais, de lingua e pessoais, resolvemos que precisàvamos tomar liçoes de trapézio… hehehehehe..  Em nome do amor, que “jà é” em nòs, decidimos fazer terapia de casal…. Enquanto escrevo aqui me vem em mente um trecho da frase da primeira carta de Sao Paulo aos Corintios, cantada por Renato Russo em Monte Castelo: ” Sem amor eu nada seria.“…. 

Ontem foi o nosso primeiro contato com a terapeuta. Fomos nos conhecer, contarmos, todos, um pouco da nossa estòria e nos ambientarmos. A salinha do consultorio da dottoressa Alba parece uma sala-de-visitas de uma casa normal, fica num casarao antigo, tem um pé direito bem alto, é aconchegante, tem duas poltronas, um sofazinho, luminàrias, mesinha de canto, flores, livros, quadros, e palavras positivas espalhadas estrategicamente por todos os cantos. Foram as palavras, aliàs, que iniciaram e terminaram marcando a nossa visita. Foi a referencia delas que nos acolheu, que deu inicio a conversa. Foram elas que nos saudaram ao fim do looongo encontro, de quase duas horas, num jogo proposto por ela, quando escolhemos, cada um de nòs 3, um cartaozinho, aleatoriamente numa bandeja, onde no verso se liam palavras importantes que, como um presente de um anjo, serviriam para nossa reflexao até o proximo encontro.

Algumas palavras importantes:

SERENITà – serenidade

AMORE – amor

VERITà – verdade

FIDUCIA – confiança

A palavra mais especial de hoje é o nome da terapeuta: ALBA  que significa amanhecer, alvorecer. Pra mim foi o maior anuncio de um novo amanha, simbolizando que um novo horizonte està nascendo nessa minha nova vida!

——————–  ——————–

Total de ontem: 849 kcal

Café da manha (295kcal): 200ml de leite Zymil (82kcal) + 2 col chà de Orzo (75kcal) + 1 col chà de açucar (48kcal) + 3 bolachas de fibras (90kcal)

Almoço (478kcal): 1 fatia de torta de espinafre e milho (250kcal) + 4 col sopa de ervilhas ao molho de tomate (100kcal) + 1 ovo pochè (78kcal) + 200ml de suco de maracujà (50ml)

Meio da tarde (73kcal): 200ml de chà com pessego (73kcal)

Jantar (3kcal): 200ml de chà de camomila (3kcal)

NOTAS MENTAIS:

A receita da torta de espinafre que eu faço tem no meu outro blog.

Depois da terapia estavamos meio tensos com tanta emoçao, fomos rever os momentos e falar sobre nossas impressoes. Acabamos divergindo, nos chateando e, ao invés de irmos comemorar numa pizzaria, voltamos pra casa. Eu tomei um chà e fui deitar. Foi muito bom pra minha dieta, ao menos.

Read Full Post »

Tutto il mondo è paese, como dizem os italianos. Todo mundo é mundo.

Nao tem nada de especial na Italia que nao se viva em qualquer parte do Brasil. Esse é um dos mitos que caiu imediatamente por terra quando cheguei aqui. Tirando as diferentes paisagens e a historia de cada povo, que o torna unico, todo lugar no mundo tem problemas e soluçoes. Toda cidade tem bandidos, corruptos e pessoas de bem. Todo lugar tem greve, lixo, beleza, poluiçao, crise, promoçao de liquidaçao, aquecimento global, burrice, boas idéias, pobreza, estupidez, falta de educaçao, generosidade…

As burocracias e as incompetencias nossas sao iguais as dos outros. Vivi isso na pele essa semana, tirando meus novos documentos. O que se tornou a saga dos documentos, começou ha meses atras quando fomos pessoalmente nos informar sobre o que precisava e um funcionario nos falou um monte, mas nao falou que precisava pagar um selo importantissimo. Por causa disso, essa semana, tivemos que voltar duas vezes no mesmo lugar até resolver. Terminado o processo na questura, uma funcionària nos encaminhou para outro departamento para registrar -me oficialmente e colher as digitais. Por insistencia minha, e pela experiencia anterior, repassamos juntos os documentos necessarios muitas vezes, anotei tudinho, claro e, mesmo assim, chegando là, faltou uma fotocòpia do passaporte. Tivemos que sair da fila pra fazer a tal xerox, duas esquinas depois do lugar, e ao voltar, no final da fila, esperar mais uma eternidade pra sermos atendidos novamente. Detalhe: o atendimento, que normalmente inicia-se às 09h da manha, começou com mais de uma hora de atraso devido a um blecaute que colocou fora do ar todos os computadores.

Se identificou? Jà passou alguma raiva parecida? Jà pensou em contratar um despachante? Pois é.

——————– ——————–

Calorias totais de ontem: 1.442 kcal

Café da manha (292kcal): 1 enroladinho de queijo e presunto (180kcal) + chà com pessego (112kcal)

Almoço (672kcal): espinafre refogado (50kcal) + vagem refogada (50kcal) + 200g filé de de frango empanado (400kcal) + batatas assadas (60kcal) + chà com pessego (112kcal)

Jantar (478kcal): penne com molho de tomate e queijo pecorino (300kcal) + 1 tomate seco (50kcal) + 2 azeitonas pretas (8kcal) + 1/2 paozinho frances (70kcal) + 1 col sopa de berinjela ao forno com azeite (50kcal)

NOTAS MENTAIS:

Tomamos o café da manha num bar perto do departamento onde fomos. Foi bem gostoso. 🙂

Chà é uma otima opçao pra acompanhar as refeiçoes, mas vou tentar tomar sò àgua também.

Temos passado os dias fora de casa resolvendo coisas, mas preciso comer mais frutas. Vou levar uma pera na bolsa quando sair de casa e for ficar fora toda a manha.

Nao tenho sentido ansiedade nem fome.

Tenho me sentido mais leve, mas estou resistindo em me pesar. Vou fazer isso semanalmente.

——————– ——————–

Palavra nova, velha conhecida:

CIAO

(Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.)
A palavra ciao  – pronunciada /tʃao/, muitas vezes aportuguesada para TCHAU ou CHAU – é uma saudação informal italiana, podendo significar tanto “olá” como “até logo”.
Originalmente da língua vêneta (com o significado de “escravo”, pela corruptela da palavra “schiavo” como “s’ciào“), foi adotada em italiano para posteriormente ser emprestada ao vocabulário de muitas línguas, como o português, o castelhano e o inglês, significando, todavia, apenas “até logo”.
É largamente usada em todo o Brasil, devido a influência da imigração italiana.

O que entendi é que se usava dizer: sou seu escravo (schiavo, s’ciào), como uma forma gentil e humilde de saudaçao para colocar a pessoa à vontade. Como dizer, ainda , estou ao seu dispor, estou às ordens. A palavra foi mudando de schiavo para s’ciào (em Veneza, inicialmente) e depois virou CIAO, quando se incorporou ao vocabulario de todas as regioes. Na Italia se usa o ciao quando se chega , mas também quando se despede. Bruna, minha sobrinha nos seus adoràveis 5 aninhos, achava sempre estranho quando Ernesto a cumprimentava assim, dizendo ciao… ela logo perguntava: – Mae, porque ele tà dizendo tchau se ele acabou de chegar?.. hehehehe..

Aprendi ainda aqui que nao se diz ciao quando nao se conhece a pessoa, ou quando se trata de um cumprimento formal, chefe-empregado, ou pessoa mais velha. O tratamento passa a ser mais impessoal, entao se diz: buon giorno/buona sera  (bom dia, boa noite) quando se chega e arrivederci (até logo) quando se despede.

Read Full Post »

Chegou… e com um frio que faz pensar que esse inverno proximo promete, viu?.. Ai..ai.

O outono chegou mas, ao contrario da primavera e do verao que foram mudando tudo devagarzinho, veio assim de um jeito tao brusco. Num dia tava sol, um calor miseràvel de verao, eu, suando em bicas.. e no dia seguinte… KABUM! Chuvinhaaaaaa, veeeenttooooo, friooooo.

Junto com o outono chegou também a minha nova identidade nesse paìs. Recebi hoje a autorizaçao formal para residir na Italia, o famoso PERMESSO DI SOGGIORNO. O Estado exige comprovaçao de documentos, Ernesto se responsabiliza por mim, registram oficialmente a minha presença e me concedem um periodo de sossego por 1 ano agora, depois desse periodo devo dar novamente as caras, fazer tudo de novo e renovar por mais 5 anos. Nada mais é do que uma comunicaçao oficial de que estou aqui, pois sou casada com um cidadao italiano.  O processo todo é feito na QUESTURA de imigraçao, que tem poderes de policia. No Brasil seria como dizer que fiz ficha na puliça… hehehehe… Sò que o registro de digitais foi todinho feito no computador e nada daquela meleira de borrocar os dedos… chique no uuurrrtimo… ui! Feito isso, posso dar entrada nos documentos necessarios na Italia, identidade comunale, codigo fiscal, assistencia de saude… Passo, a partir de hoje, a existir oficialmente aqui, como MORADORA.

Olha sò a minha fotinha nova!

Fiz numa maquina instantanea no meio da rua, em frente a um supermercado perto daqui de casa! Coloquei as moedas (3 Euros), fiquei sentada ouvindo as instruçoes, enquadrei-me no painel, esperei quietinha a maquina me medir, prendo a respiraçao, botao verde… e…  CLICK! Fatto! 🙂 Até que nao saiu mal, nè?

——————————- ——————————-

Total de ontem: 1.636 kcal

Café da manha (332kcal) : 1 pao de hamburguer com gergelim (170kcal) + 1 col cha margarina light (36kcal) + 1 col cha de senape (11kcal ) + 1 fat de presunto de parma (38kcal) + 1 copo de 200ml de cha com limao e chà verde (77kcal).

Almoço (839kcal) :  6 flores grandes de couve flor refogada no alho e azeite (130kcal) + 50g de queijo muzzarela (188kcal ) + 1 cotoleta de frango com espinafre feita no forno (279kcal) + 1 tomate seco (50kcal) + 400ml de laranjada siciliana Tomarchio (192kcal)

Jantar (465kcal): 1 prato de sopa que foi feita com abobrinha refogada com alho e azeite (80kcal) + sopa pronta Primavera da Knorr (193kcal) + 400ml de laranjada siciliana Tomarchio (192kcal)

NOTAS MENTAIS:

To orgulhosa que consegui reduzir bastante as calorias!!!

Ainda bem que acabei com o restinho da laranjada Tomarchio que eu adoooro, mas nao vou tomar mais refrigerante por um bom tempo.

A opçao da sopinha de noite foi òòòòòtma, pois combina com esse friozinho e ainda é pouco calorica.

E o friozinho do outono.. ai..ai…

——————————- ——————————-

Uma palavra nova hoje:

CAVOLFIORE

Uma das minhas flores comestìveis predileta… a COUVE-FLOR. Bastante conhecida aì no Brasil e fez parte do meu cardapio de hoje. Uma hortaliça delicada e tenra, rica em calcio e fosforo, livre de gorduras e colesterol. Originaria da Asia Menor, chegou aqui na Europa no século 16.  Essa da foto eu preparei com alho e queijo parmesao reggiano a receita tem no meu outro blog que escrevo junto com uma amiga – O Dez Minutos e Pronto.

Read Full Post »

Ainda me sinto muito isolada aqui. No Brasil sou a rainha do social e nao passava uma semana sequer sem uma balada, um agito, um cineminha, um jantar na casa de amigos, visitas em casa, eventos… Aqui nao. Ernesto sai pra trabalhar e eu ainda estou sem trabalhar fora, sem frequentar um curso, ou qualquer coisa que me OBRIGUE a sair de casa e consequentemente passo muuuuuuito tempo comigo mesma, arrumando a casa, cozinhando, lendo, estudando e na net. Confesso que a experiencia é bem nova e tem là os seus prazeres. Para a minha incansavel busca de mim mesma, que venho assumindo nos ultimos anos, poderia dizer que tenho feito um intensivao desde que me mudei. Tenho aprendido sobre mim mesma, nesses ultimos 6 meses, muito mais do que aprendi em todos os meus 38 anos passados.

Mas.. sinto falta de amigos. Muita.  Dos velhos, conhecidos, prazeirosos e confortàveis encontros, mas também de fazer novos contatos, desde aqueles rasinhos, facinhos e ainda sem poeira nenhuma até aqueles de improviso, num supermercado, na casa de alguém, desses que surpreendem e viram amizade-fraterna-profunda-pro-resto-da-vida.

Ontem à noite saimos pra jantar com um casal de novos conhecidos pela primeira vez. Ela, médica como Ernesto, trabalha com ele no pronto socorro e tem ainda seu consultorio proprio conveniado com o governo, sagitariana, mais velha que eu, simpatica, inteligente, sensivel. Ele, diretor de uma escola, burocrata, taurino, mais velho que Ernesto, simpatico, mais fechado que a esposa, meio desconfiado, inteligente. Comemos uma pizza, pra variar.. hehehehehe….  Terminamos a noite nos prometendo uma proxima. Foi agradàvel,mas faltou alguma coisa que eu nem sei se saberia explicar. Sei là, entende?… Se fosse pra usar uma expressao brasileira eu diria: faltou borogodó.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Total de ontem: 2.803 kcal

Café da manha (342kcal) : 1/2 pao de hamburguer com gergelim (85kcal) + 1 ovo mexido com queijo (180kcal) + 1 copo de 200ml de cha com limao (77kcal).

Almoço (994kcal): 1 fatia de pao italiano (154kcal) + 150g penne ao forno com queijo e presunto (200kcal) + 1 linguiça calabresa (320kcal)+ pimentao ao forno (8kcal) + 2 nozes frescas (142kcal) + 1 fatia de ricota salata (50kcal) + 200ml de suco de abacaxi (120kcal)

Jantar (1467 kcal): 3 fatias de pizza (807kcal) + 4 taças de 100 ml de vinho tinto (260kcal) + 1 fatia de tiramissu (400kcal)

NOTAS MENTAIS:

Carài véi!!!

Como eu consegui comer 3 fatias gigantes de pizza!??????

Pra que beber 4 taças de vinho???

Ainda comi sobremesa!!!!! Eu sou folgada, mesmo! Putz!

Read Full Post »

Terminei de almoçar e acabei de subir na balança.

Nunca pesei isso em toda a minha existencia!

Ai! Cheguei a um limite e resolvi me empenhar, senao vou acabar ficando realmente MAL comigo mesma e com meu corpo! Jà nao estou me sentindo bem, aliàs. Minhas roupas estao apertando cada vez mais. Um novo padrao de vida, um novo paìs, nova alimentaçao… tudo isso justifica esse aumento, mas nao permito mais tanto deposito de gordura em meu corpo, seja por stress, depressao ou defesa. Começo HOJE um programa de reequilibrio de corpo e mente com reeducaçao alimentar, incluindo exercicios, caminhada e Ioga. E sigo na luz!!!!!

Completei 39 anos, dia 05 de setembro. Tenho 1,69 de altura. Sempre fui magra, com excessao de dois momentos em minha vida onde o stress me adoeceu, tive depressao, tomei anti-depressivos e calmantes e engordei. Coincidiu ainda que aos 33 anos parei de fumar. Meu peso médio dos 20 aos 30 anos foi 58 Kg. Meu peso médio dos 30 aos 35 anos foi 64Kg. Minha primeira meta é me estabelecer com 67 Kg!

Vou registar aqui alguns cardapios diàrios normais, sem me preocupar com reduçao por enquanto, para depois analisa-los e estabelecer uma quantidade de ingestao calorica de acordo com o gasto que tenho. Pensando sempre em REEDUCAçAO, REEQUILIBRIO e nao em dieta.

Cardàpio de hoje: 2.015 kcal

Café da manha (442kcal) : Um pao de hamburguer com gergelim(169kcal) + 1 col cha de maionese Calvè (70kcal) + 1 col cha de senape (11kcal) + 1 fatia de presunto cru (38kcal) + 2 copos de 200ml de cha com limao e cha verde (77+77=154kcal).

Meia manha (38kcal): 6 uvas verdes (38kcal)

Almoço (611kcal): 1/2 pao de hamburguer com gergelim (85kcal) + salada com alface (4kcal), chicoria (21kcal), funcho (20kcal), 1 tom peq (20kcal)+ 1 col sopa de azeite extra virgem (90kcal) + 1 col sopa de senape (22kcal) + 1 col sopa de cenoura doce cozida (70kcal)+ 1 cotoleta de frango com espinafre feita no forno (279kcal)

Meio da tarde (176kcal): 1 manga (176kcal)

Jantar (748 kcal): 1 paozinho tipo frances (135kcal) + 3 col sopa de vagem cozida com molho de tomate caseiro (80kcal) + 1 fatia de omelete de presunto e queijo (266kcal) + 1 azeitona preta (4kcal) + 3 nozes frescas (213kcal)+ 1 fatia de ricota salata (50kcal)

NOTAS MENTAIS:

Nesse dia a grande perdiçao foi ir jantar na casa dos sogros.

E dificil dizer nao pra eles quando me oferecem tantas guloseimas hiper-uber-caloricas, mas estou resistindo bravamente e vou resistir ainda mais.

Read Full Post »