Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \30\+01:00 2009

O bicho pegou aqui pra quem nao tem identidade vàlida, ou visto de permanencia. Dizem que qualquer fronteira da Italia, seja terrestre, naval ou aérea està parecendo set de filme de segunda guerra mundial. Nao passa ninguém sem mostrar documento e levar pente-fino da polìcia.

Primeiro pensei que era mais uma do primeiro-ministro-fascista-racista-tarado… mas nao, a razao é o G8 que vai acontecer na cidade de Aquila onde teve o terremoto em abril, lembra?

Itália suspende tratado de Schengen antes da cimeira do G8

A Itália suspendeu, até dia 15 de Julho, o tratado de Schengen, que assegura a livre circulação de pessoas na União Europeia. Uma medida que faz parte da vasta operação de segurança que rodeia a cimeira do G8, de dia 8 a 10 de Julho, na cidade de Áquila, devastada pelo terremoto em Abril.

A verificação de documentos à entrada e saída do país foi restaurada à meia noite do dia 28/06, apanhando desprevenidos turistas e cidadãos italianos. O chefe do Serviço de Fronteiras no aeroporto de Fiumicino, em Roma, Giovanni Sigillino, afirma que nas primeiras horas do dia houve alguns problemas, houve pessoas que não tinham passaporte ou estavam na posse de documentos falsos.

Os sindicatos de polícia denunciam a grande confusão provocada pela medida. A primeira consequência foram as longas filas juntos os postos fronteiriços, como, por exemplo, em Farnetti, na passagem para a Eslovénia.

Alguns automobilistas esperaram horas para passar. Um deles afirmou, ironicamente, que parece que a cimeira tinha sido transferida para Lubljiana, pois não havia outra explicação para controlar documentos à saída de um país. Garante que os anarquistas não vão sair de Itália, pelo contrário, vão entrar.

Ao suspender o tratado de Schengen, Roma pretende evitar a chegada de manifestantes violentos para a cimeira dos líderes do G8. Já o tinha feito quando da reunião de 2001, em Génova, mas, na altura, apenas por uma semana e sem grandes resultados.

Fonte: euronews.net

Read Full Post »

Dia da Lua: Memòria

Eu… tenho medo de ser esquecida.

Read Full Post »

Acordei na sexta, liguei a televisao e vi a noticia de sua morte.

Primeiro veio a negaçao: Nao pode ser!!! Como assim???

De repente, um golpe no peito. Uma lagrima caiu. Por um instante foi como se tudo ao meu redor desaparecesse. Me senti miseravelmente vulneràvel e sò.

Ragusa_Ibla_27_06_2009 096

Ragusa - Ibla - Foto By Marido Ernesto

Nao sei se estou conseguindo definir direito porque o que ficou foi um vazio que nao se explica, se sente.

Acho que inconscientemente vivi um certo tipo de luto. Como se ele fizesse parte da familia e nao fosse apenas um ìdolo de uma, duas, tres geraçoes, mas efetivamente alguém que eu conhecia pessoalmente e que tinha estado sempre presente na minha vida.

Os tres ùltimos dias foram estranhos. Tudo, aliàs, està muito estranho.

Read Full Post »

Eu comecei a pensar em italiano jà hà algum tempo. Assim, sem nem me aperceber direito. Notei a primeira vez num dia em que eu estava falando com minha mae no messenger e acontecia vàààrias vezes de pensar em italiano pra depois traduzir. As vezes até esqueço como é a palavra em portugues e sai automaticamente em italiano… naturalmente. Bom, nè? Sinal de que eu estou aprendendo, de que eu jà estou dominando a nova lingua. 🙂

Sò tem uma coisa curiosa: eu nao consigo contar em italiano, nem fazer conta de cabeça em nenhuma outra lingua. Sabe como? Eu e o marido Ernesto adoramos jogar. Xadrez, carta, gamao… Quando jogamos buraco, por exemplo, na hora de dar as cartas eu conto em portugues. hehehehehe. Ou na hora de somar os pontos é a mesma coisa. Nao consigo evitar. E é instintivo! Se eu for somar em italiano me perco toda! Hahahahaha.. Que engraçado, nè? Porque serà? Como se a memoria matemàtica fosse  ancestral à memoria fonològica. Como se o aprendizado se fizesse em niveis diferentes de consciencia. Que viagem… ! Serà que algum dia eu chego là?

Read Full Post »

Vira, vira, vira…

coraline-e-la-porta-magicaAcabamos de voltar do cinema. Eu e marido Ernesto damos preferencia pras quartas feiras pra nutrirmos nossa cinefilia jà que, além de ser meio de semana e consequentemente mais tranquilo, ainda é mais barato.

Fomos assistir a mais um filme 3D, nosso novo vicio, “Coraline e la porta magica”. Lindo!! Um desenho animado daqueles mais pra adultos do que pra crianças. Uma fàbula de horror nos moldes de Noiva Cadàver… lembra? Muito gostosinho o roteiro. Os efeitos tridimensionais do Os Monstros.. era mais surpreendente, mas mesmo assim ainda estou adorando curtir aquela sensaçao de coisas que saltam da tela.

Na volta, do shopping pra casa, um gato preto cruzou a estrada na frente do carro.

Lembrei do Secos & Molhados… e vim cantando pra casa: 

O gato preto cruzou a estrada

Passou por debaixo da escada.

E lá no fundo azul

na noite da floresta.

A lua iluminou

a dança, a roda, a festa.

Vira, vira, vira

Vira, vira, vira homem, vira, vira

Vira, vira, lobisomen

Vira, vira, vira

Vira, vira, vira homem, vira, vira

 🙂 Hehehehe…

Read Full Post »

GBBE_consciencia

Fonte: Nadaver.com

Read Full Post »

Quando cessa o barulho da cabeça tem música.

É…

Tem música o tempo todo, mas só dá pra ouvir quando cessa o barulho da cabeça. Primeiro tem que cessar o barulho do pensamento,  dá lógica, do resto, da maquininha funcionando, sabe? 

Aí… De repente é silêncio.

Ouve-se, entao, um primeiro acorde. Começa suave, como o oboé do classico Pedro e o Lobo de Sergei Prokofiev que minha mae colocava pra eu ouvir antes de dormir quando criança.

Tem vez que é clássico, tem outra que é um rock, às vezes é funk, mas tem hora que é punk.

É…

Dependendo da trilha eu sei como estou. Eu me conheço.

 

ritualouvirmsicaug1Hoje é o dia da musica e como tem musica o tempo inteiro na minha cabeça, resolvi homenagear todas elas.

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva Soltando o Som do Fio de Ariadne da querida Vanessa.

Para ouvir a voz da alma de mais pessoas clique na imagem.

Read Full Post »

Estreito de Messina - Foto By LuLu na Italia ©

Estreito de Messina - Foto By LuLu na Italia ©

Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar, para atravessar o rio da vida – ninguém, exceto tu, só tu.

Existem, por certo, atalhos sem números, e pontes, e semideuses que se oferecerão para levar-te além do rio; mas isso te custaria a tua própria pessoa; tu te hipotecarias e te perderias.

Existe no mundo um único caminho por onde só tu podes passar.

Onde leva? Não perguntes, segue-o!

 

– Friedrich Wilhelm Nietzsche –

Read Full Post »

Hoje, enquanto eu estava aqui me abanando, feliiiiiz, com o calor da primavera/verao que se instalou definitivamente do lado de cà do Equador, estava lembrando de uma definiçao matemàtica:

Duas grandezas são diretamente proporcionais quando, aumentando uma delas, a outra também aumenta na mesma proporção, ou, diminuindo uma delas, a outra também diminui na mesma proporção.

Ou seja, na mesma medida que a temperatura ao meu redor aumenta, cresce igualmente o bom humor e a felicidade dentro do meu ser.

Nada como aprender, assim, na pele. Literalmente.

Bendito seja o saudoso professor Amorim, que deve estar sorrindo, todo orgulhoso de sua aluna aplicada, esteja ele onde estiver.

Read Full Post »

Rabiscos

Mais uma que achei na net e que jà foi publicada muitas vezes por tantas pessoas que eu nao sei mais qual é a origem, mas que achei bem interessante e resolvi postar pra deixar guardado.

Eu sou a rainha dos rabiscos. Fui conferir o que ando rabiscando ultimamente  e  percebi que nos cantinhos das folhas de papel tem sempre flores, espiraissetas.

Significado dos rabiscos que fazemos enquanto estamos ao telefone

Junto ao seu telefone deve ter um bloquinho ou uma folha cheia de rabiscos. Preste atenção neles. Você vai ficar surpreso com algumas revelações que anda largando por aí enquanto fala ou aguarda ao telefone …

Espirais – Quem fica desenhando espirais não gosta de ficar sozinho. Desenhos assim são feitos, geralmente, por pessoas que gostam de se destacar no grupo e batalham para ter alguma função em qualquer lugar, em qualquer turma.

Flores – Se você, vira e mexe, desenhar flores, é uma pessoa sensível. Seu jeito meio maternal.Deve fazer muito sucesso entre sobrinhos e primos menores.

Setas – Desenhar setas significa alguma idéia fixa. Se elas apontarem para baixo ou para esquerda, elas falam de alguma coisa que já passou. Se elas apontarem para a direita, indicam futuro. Se as setas apontarem para cima, você deve estar entediado(a) e é bom se programar direitinho para o próximo fim de semana.

Olhos – Você é curioso(a) ou esta procurando alguma solução para um problema se desenhar olhos. O sentido do olhar também é importante para a esquerda, indica algo no passado; para a direita, mira o futuro. Se você tiver desenhado olhos fechados, é provável que não esteja querendo enfrentar uma situação ou não queira admitir algo cruel sobre si mesmo.

Círculos – O habito de desenhar círculos indica que você é uma pessoa que se completa, mas gosta de passar bastante tempo com as pessoas. No entanto, se são vários círculos que se sobrepõem, você gosta de ficar na sua. Costuma completar o círculo cuidadosamente, deve já ter-se dado mal ao se abrir com os outros e, agora, tenta se fechar mais.

Caras e Bocas  – Tudo indica que se sinta bem ajustado(a) ao seu mundo. As expressões dessas figuras que surgem do nada também revelam como você esta se sentindo. Ou seja quem esta contente desenha pessoas felizes. Se em vez disso, o que surgem no papel são figuras esquisitas, fantasmas, algo deve estar pegando na sua vida.

Nomes – Se você não para de escrever seu próprio nome, pode ser um jeito inconsciente de demonstrar que esta triste ou se sentido rejeitado(a) pelos outros. Mas pode também significar que você anda muito preocupado(a) consigo mesmo e, que nesse momento, nada mais importa.

Cubos – Desenhar cubos revela uma pessoa que nada tem de preguiçoso(a). Pelo contrario você é criativo(a), motivado(a) e gosta de pôr a mão na massa, de participar. Desenhar um cubo dentro do outro demonstra frustração com alguma coisa ou alguém.

Estrelas – Rabiscar estrelas é um sinal de ambição, de que você tem objetivos bem definidos na sua cabeça. Se as estrelas forem simétricas, você sabe analisar as situações, é curioso(a) e seguro(a) de si. Já as estrelas disformes, assimétricas, indicam que você tem muita energia mas não sabe bem como usa-la.

Casas – Desenhar casas significa estar se sentindo bem no lugar onde se vive. Uma casa aponta para uma sensação de conforto, paz com a família, mesmo que algumas brigas com os irmãos pareçam dizer o contrario. Mas se a casa não tiver janelas nem portas, isso pode indicar uma sensação de pouco espaço.

Linhas – Linhas retas são feitas por quem é entusiasmado(a), tem objetivo(a) e vai direto ao ponto. Linhas em ziguezague ou que se cruzam varias vezes indicam que alguma coisa mexeu muito com você, mas sua opção é não pôr o dedo na ferida. Ao menos por enquanto.

Ondas~ Você esta pronto para mergulhar em alguma coisa nova, que pode mudar a sua vida. Ondas lembram movimento, expectativa de uma oportunidade especial ou desejo de cair fora, rapidinho.

 

E voce? Jà prestou atençao nos seus rabiscos?

Read Full Post »

Titia em: 1001

Bruna_dente_2009

😀

Tantas novidades, né Brunequinha-linda-da-titia!?

Nao é mais um buraquinho, é uma portona na frente.

Tem mais um dentinho mole.

O que caiu primeiro jà està despontando, dà pra ver o branquinho.

 Tà deixando a franja crescer.

Ai que saudade!!!

Read Full Post »

Dia da Lua: O Des-andar

Eu me lembro bem quando foi o ultimo periodo na minha vida em que eu tinha a sensaçao de ser plenamente feliz, se é que isso existe. Eu sentia que o mundo era mais leve e a constancia de momentos bons era bem maior. Foi entre os meus 18 e os 22 anos. Nao sei bem porque tudo foi desandando depois.

Parando pra pensar sobre a palavra desandar eu me vejo caminhando numa estrada de terra vermelha, com muuuita dificuldade, arrastando uma pedra enooorme e pesada. Eu choro quando me imagino assim.

Uma vez na terapia eu falei sobre a pedra. Aì, a médica (eu chamo a terapeuta assim) me pergunta: O que é essa pedra? Do que ela é feita? Como é essa pedra? Grande, pequena?  Pontuda, irregular, redonda?… Ela me provoca pra depois me desafiar: Se voce consegue imaginar vividamente a pedra, com forma, textura, cor… pode experimentar imaginar o que quiser para se livrar dela, ou transforma-la em alguma coisa mais construtiva que te traga algum beneficio.

Num primeiro momento, instintivamente, meio rindo eu quis jogar aquilo fora… Na verdade, o tema do dia era “raiva” e eu queria mesmo era jogà-la na cabeça de alguém.  Boa essa. Nao, nao, melhor nao alimentar o monstro-raiva por tras da pedra, poderia dizer politica e psicologicamente correta a médica… E eu tentando outra coisa. Vai! Fecha os olhos, LuLu. Pensa!…  E eu espremi os olhos e veio uma especie de apego pela tal pedra, quase um afeto, acredita? Naquele momento, entao, mais constrangida pelo desafio do que motivada, confesso, eu pensei em reformà-la, seilà, esculpi-la… Poderia ser um grande objeto de arte, ou varios pedacinhos… Prometi alì na frente da médica que eu faria esse exercicio. Prometi pra mim.

Mas… no fim eu nao fiz nada. Nao imaginei nenhum fim pra esse trambolho que eu carrego.

Costumo nao cumprir muitas promessas que faço sò pra mim.  Me sinto decepcionada comigo mesma ao lembrar e parece que pesa ainda mais.

Read Full Post »

No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.

Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra.

 

– Carlos Drummond de Andrade – No meio do caminho

Read Full Post »

E por falar em namorar…

Vamos namorar o ser humano , seja ele alguém que voce ve todos os dias ou eventualmente, e trata-lo como tal, com delicadeza, com respeito, com gentileza… e com o verdadeiro afeto dos namorados.

Dez 10 coisas simples que devíamos dizer mais vezes

Posted by Pedro e Eninha Campos do O que é isso?

Quantas palavras você fala durante um dia ? Não não estou falando de mensagens de texto, ou e-mails, estou falando de palavras que realmente saem de sua boca.

O valor médio é 16.000 palavras. Mesmo assim, muito do que dizemos pode ser sem sentido, simples conversas , ou mesmo conversas zangadas . Aqui estão dez coisas que poderíamos todos dizer mais vezes. Durante a leitura, eu aposto que você vai achar que a lista é muito simplista. No entanto, o impacto positivo que terá em seu humor e em seu dia é bastante dramático. Quer ver ? Tente!

Olá” Quantas vezes você senta silenciosamente ao lado de alguém em um metrô, ónibus ou em uma sala de espera ? Basta dizer um simples “Olá” ou “Oi” para a pessoa ao seu lado, e oferecendo-lhe um sorriso, você pode com isso levantar o humor. E você pode até ter uma conversa agradável para passar o tempo enquanto você está a espera.

“Obrigado” É difícil dizer “obrigado” com demasiada frequência. Mesmo quando você sente que alguém desempenha um serviço para ajudar o seu trabalho, agradecer-lhe fará você se sentir bem. Que tal dizer “obrigado” a seus empregados ou subordinados, quando realizarem uma tarefa para você, “obrigado” para a menina na saída do supermercado quando ela embala as compras para você, “obrigado” para o garçon que traz as suas refeições … Estas duas pequenas palavras de gratidão pode significar muito.

“Por favor” Uma palavra que, muitas vezes é associado com “obrigado”, talvez porque fomos ensinados a dizê-la quando crianças . Usando esta palavra num pedido torna as pessoas mais felizes por cumpri-lo. Quando pedimos á parceira (o) para passar o sal no jantar, use o “por favor”. Pedir gentilmente só faz bem e dá exemplo de educação e respeito.

“Aqui, tome meu lugar.” A maioria de nós tem a sorte de poder facilmente ficar em autocarros sem correr o risco de cair. Se você vir alguém idosos, grávidas lutando de alguma forma (talvez uma mãe com uma criança pequena), ofereça-lhe seu lugar. Se você estiver preocupado em ofendê-los, diga um “Estou sair logo” ou algo ligeiramente jocoso como “eu preciso fazer alongamentos com minhas pernas.”

“Esta é por minha conta.” Saíu para tomar umas bebidas com um amigo ou conhecido ? Em vez de insistir sobre a divisão da fatura ofereça para pagar a conta. É bom sentir-se generoso, e também sentir que você está recebendo um presente – seu amigo (a) pode retribuir da próxima vez. Uma nota de advertência : se você está em melhor condição financeiramente do que seu parceiro de drink, seja sensível a este respeito.

“Deixe-me ajudar com isso.” Se você vir alguém lutando, ofereça ajuda. Pode acontecer da sua ajuda ser rejeitada , mas a maioria das pessoas vai ser grata – fazer o dia de alguém mais fácil, irá colocar uma pitada de alegria no seu dia . Por exemplo , ajude pessoas : A Lutar com uma cadeira de rodas; A carregar bagagens pesadas num metrô, ônibus,etc;A carregar uma bandeja em um café; Pessoas com dificuldades de leitura;Mantenha seu olho atento a tantas outras situações em que você pode ser útil!

“Não creio que tenha conhecido. Eu sou [seu nome].” Se você conhecer alguém novo, não apenas resmungue sobre as condições meteorológicas , diga “oi”, diga-lhe o seu nome, e peça o dele. É embaraçoso falar com alguém durante dez minutos antes de ter de dizer “Desculpe, eu não entendi seu nome,” esteja confiante e aberto quando conhecer novas pessoas.

“Eu sou realmente apaixonada é por…” Então, muitas vezes, conversas giram em torno de assuntos de pouca importância para o falante e ouvinte. Se você acha que a maior parte do que você diz é só conversa fiada, tente ir mais fundo. Obviamente, isso não significa contar todas a sua vida e “alugar ” a pessoa ao seu lado no ónibus com toda a sua história -, mas quando você está começando a conhecer alguém, partilhe alguns dos seus hobbies e interesses, ou informe-o sobre os planos de vida. Você nunca sabe, você pode ter encontrado um parente de “espírito”.

“Tenha um ótimo dia!” Embora frases como “tenha um bom dia” que é normalmente mais usado pelo pessoal de televendas, deveriam ser comumente usadas por nós . É simpático desejar um bom dia, boa noite ou um bom final de semana quando você parte. Fale com verdadeiro entusiasmo, e você quase certamente terá um sorriso e um “obrigado, você também!”, em resposta – uma óptima maneira de terminar uma conversa em bom tom.

“Eu gosto de você.” Por último, as três mais importantes palavras, “eu gosto de você.” Você diz estas palavras para as pessoas que você gosta ? Não basta pensar sobre isso – sobre o modo como ama os seus filhos, seus pais, sua avó , seus amigos . É fácil presumir que as pessoas “saibam” mas, por vezes, ouvir essas palavras pode realmente fazer o dia de de alguém mais feliz. Isso para já é tudo.

Boa noite para quem é de boa noite , Bom dia para quem é de bom dia

Read Full Post »

Vira e mexe surge a curiosidade de como é a minha vida aqui no Mundo Novo e pra quem pergunta eu respondo: rotina normal de quem mora numa cidade pequena, fora da regiao dos grandes centros urbanos, num bairro tranquilo, numa casa com jardim, casada, sem filhos, estudando uma nova lingua, estudando culinaria, sem trabalho fixo. Simples assim. Mas, sei là porque parece que isso nao satisfaz, o povo quer saber detalhes emocionantes, como se pelo fato de morar na Itàlia (òòòò :-D) e na Europa (òòòòòòò… :-o)  as coisas necessariamente tenham que ter “glamur” … hehehehehe… Mas nao tem!!!  Ou melhor, até pode ter, depende de cada um, do que faz, o que estuda, no que trabalha, onde mora e com quem, né nao? 

Entao, tà, atendendo a pedidos:

A rotina da LuLu – uma dona de casa na Italia.  

Manha:

Acordo em torno de 7h nessa época de primavera/verao, mas como nao uso despertador pode variar em meia hora pra menos ou pra mais, dependendo do dia ou da hora em que fui dormir na noite anterior. Sò acordo muito mais cedo do que isso, tipo 4h, 5h da matina, quando me ataca a insonia. Muito mais tarde do que isso, sò se estiver doente, ou se estiver muuuito frio.

A primeira coisa que eu faço em absoluto é beber um copo dàgua. Isso é sagrado. Vou ao banheiro. Escovo os dentes, lavo o rosto, prendo o cabelo da frente ou todo num coque alto. Inverno ou verao nao importa, nao aguento cabelo caindo no rosto!

Vou pro escritorio/consultòrio do marido Ernesto e ligo o computador. Abro e respondo e-mails, leio o Reader, navego em alguns blogs, jornais e sites.

Abro as persianas e cortinas das janelas da sala pra entrar luz pras plantas de dentro de casa.  Idem na cozinha, sala de TV e lavanderia. Abro a porta do balcao da cozinha que dà pro jardim. Dou uma sacada no ar e uma geral nas plantinhas de dentro e do balcao, algumas eu rego, outras podo as folhas velhas ou arranco alguma erva daninha.

Preparo o café da manha pra mim, e pro marido Ernesto quando ele nao està de plantao. Se ele estiver em casa dorme até umas 9h e aì tomamos café juntos. Tem dia que é fruta picadinha com granola e Yogurt. Tem dia que é pao integral com queijo fresco. Eu sei, eu sei… eu exagero falando que nao como coisa light, mas faço esse sacrificio, sim, de veeeeeeeeizzzz em quando. No minimo uma vez por semana eu preparo um bolo, rosca, biscoitinhos caseiros, pao caseiro, muffins ou  qualquer coisa do genero pra deixar pronto pra semana toda. O marido Ernesto adoooora muffins com cappuccino gelado, eu adoro biscoitinhos molhados no leite com achocolatado (gelado no verao, pelando no inverno).

Na primavera/verao, em geral na parte da manha nos dedicamos à jardinagem. Quem tem jardim e horta em casa (e nao tem jardineiro) sabe: tem sempre alguma coisa pra fazer. SEMPRE. Entao é podar, adubar, regar, plantar, mexer na terra, limpar, endireitar, arrancar, dedetizar…

Numa manha qualquer também podemos ir ao supermercado, shopping ou a alguma feirinha de bairro pra comprarmos verduras, frutas ou o que estiver faltando. Aos sàbados tem uma feirinha a dois passos daqui de casa e eu deixo o marido dormindo e vou sozinha sapear por là. Pesquiso, pechincho, fotografo… Amo!

Se estivermos em dia com os deveres de casa  e nao tiver por exemplo nada pra costurar, consertar ou lavar podemos também sair pra passear, aì vamos pra algum parque, praça, castelo, cidade històrica ou praia pra curtir, caminhar de maos dadas, tomar sorvete (jà te disse que o sorvete da Sicilia é o melhor da Italia e um dos melhores do mundo? Poisé)… ou fotografar.

De quinze em quinze dias vem uma senhora dar faxina mais pesada na casa  e vira um mutirao pra terminar tudo das 8h até as 13h. Barba, cabelo e bigode.

A manha termina com o almoço, mas nunca antes de 13h.  Gosto muito de cozinhar e experimentar receitas novas e em geral prefiro almoçar bem, tranquila e em casa. Claro que rolam eventualmente almoços em restaurantes, almoços na casa dos sogros, almoços em self-service, lanches em pé numa pracinha, piqueniques em parques, salgadinho de padaria e até McDonalds.

Tarde:

Depois do almoço o marido Ernesto dorme. Sem exceçao. Eu posso até tirar um cochilinho de meia hora em um dia preguiçoso, mas nao gosto de dormir de tarde e em geral venho pro computador. E’ a hora em que a casa fica silenciosa e eu me sinto à vontade pra pesquisar, descarregar e trabalhar fotos, escrever no blog e colocar as idéias do dia em ordem. Essa é a também a hora de estudar, o que quer que seja, a liçao de italiano, de jardinagem ou de culinària.  Se encontro algum amigo ou alguém da familia essa é a hora do chat também. Pra tudo isso dedico no minimo tres horas.

Nao costumo ficar sentada na frente do computador quieta o tempo todo. No meio de algum download aproveito e coloco alguma roupa na maquina pra lavar, ou estendo alguma que jà secou, e ainda leio revista, costuro, desenho e assisto TV ao mesmo tempo. Sempre fui assim… multiatarefada.

Minha rotina varia com a do marido Ernesto, claro. Como jà mencionei, se ele tem plantao (10h, 12h ou 24h), por exemplo, eu me adapto pra ter sua companhia por um tempinho a mais, ou preparo a “marmita” que ele leva pro trabalho ou saio do computador pra ele receber os pacientes no consultòrio. As vezes ele precisa dormir um dia inteiro seguido depois de 24 horas de plantao, e eu procuro respeitar a necessidade dele e saio. Saio pra uma caminhada, dou uma volta no bairro, ou vou ao salao, ou vou ao mercado, ou fico jardinando, costurando ou lendo em silencio pra nao acordà-lo.

Fim de tarde tem a ducha refrescante depois de um dia cheio,  e tem o momento beleza: manicure, sombrancelhas, pele, cabelos, creminhos e o que mais houver… me dedico sò a mim… porque ninguem é de ferro, nao?

Noite:

Uma vez por semana tem as aulas de culinària a partir de 19h e nao tem hora fixa pra terminar, nunca antes de 23h. O jantar é incluso, entao o marido Ernesto se ajeita em casa, esquenta alguma coisa que eu jà deixei pronto, pede uma pizza ou aproveita pra ir jantar na casa dos meus sogros. Se o marido estiver livre ele me leva e me busca, às vezes vou e volto dirigindo e até prefiro. Gosto de ficar fofocando com os colegas depois da aula.

Quando nao tem aula vamos ao cinema, vamos tomar sorvete em alguma praça, ou jantamos fora, ou jantamos na casa dos sogros, ou vemos um DVD em casa até o sono chegar, ou eu fico sozinha em casa e, nesse caso, venho pro computador fofocar no messenger.

Meu fim de noite é, via de regra, assistindo TV. Eu sou viciada em dormir assim desde mocinha.  O marido jà prefere ler pra provocar o sono. Fecho a casa inteira. Baixo todas as persianas. Apago todas as luzes, menos uma luzinha guia que deixamos acesa. Coloco um copo d’àgua na beira da cama e fico zapeando os canais de televisao, deitada até o sono chegar. Quando vem o sono, coloco o timer sleep para quinze minutinhos, coloco uma mascara de tapa-olhos (daquelas de aviao, igual ao gato do cartoon, o Manda-chuva), coloco o aparelho dos dentes, viro de lado e… beijo,ciao. Adormeço rapididinho.

E…. Buona notte.

Read Full Post »

E quero me dedicar a criar confusões de prosódia

E uma profusão de paródias

Que encurtem dores

 

– Caetano Veloso – Lingua –

 

Quando eu começo a reler os posts que escrevo imagino que jà deu pra perceber que com pouco mais de um ano de Italia estou desaprendendo o portugues, nè? Sem contar a confusao que deve fazer na cabeça de quem le, as palavras  escritas erradas devido às minhas adaptaçoes malucas de crases e agudos por causa desse teclado sem alguns acentos. No meio do caminho (tinha uma pedra) ainda veio uma reforma ortografica pra bagunçar mais esse bordel o que (juro!) me dà a certeza de que eu nao sei, mesmo, mais como se escreve. 

Entao, como uma reforma sò nao faz verao, a Gi, uma amiga querida (e expatriada, assim como eu, que entende perfeitamente a confusao toda) me manda essa pérola que ela achou na net. Hehehehehe… 🙂

 Após o Acordo Ortográfico, entra em vigor agora o Acordo Aritmético


O Presidente da Comissão: “Quando Roberto Carlos cantava ‘Como Dois e Dois São Cinco’, já se mostrava um artista com visão ímpar… Que, com a Reforma, passará a visão par.”

A CPUM – Comissão de Países Utilizadores da Matemática, que exclui os Estados Unidos (vender subprimes com aqueles juros revela total desconhecimento de ciências exatas) e várias nações da África Meridional (cujos índices de inflação já superaram o âmbito matemático e adentraram o metafísico), aprovou o acordo para a Reforma Aritmética, que entrará em vigor daqui a um mês. Ou não; vai depender se o mês continuará com quatro semanas.

A seguir, os dispositivos mais importantes do acordo:

2 vira 3 e 3 vira 4 – o que solucionará enigmas até então insolúveis no campo da música e da literatura, como O Trio Elétrico de Dodô e Osmar e Os Três Mosqueteiros: Porthos, Athos, Aramis e D’Artagnan.

Cai o sinal de – desta forma, o que até então era um número “menor” passará a ser considerado “número valorativamente prejudicado”. O mesmo para o termo MMC, que passa a ser designado como “Múltiplo Comum Desprovido Quantitativamente”.

Os Noves Fora passarão a ficar dentro – fazendo valer o preceito da “inclusão dos dígitos”, tão caro à Nova Ordem Mundial.

Cai a expressão Zero à Esquerda
– uma vez que, com o redimensionamento global do confronto das ideologias sócio-econômicas, “esquerda” e “direita” são termos que há muito perderam o sentido. Ainda não se decidiu se “Zero Favorável à Presença do Estado na Economia” será aceito.

O sinal de menos passa a aparecer menos – já que este era uma outra aplicação do hífen, praticamente extinto pelo Acordo Ortográfico, o sinal passa a aparecer também só em casos especiais, como no quadro demonstrativo das ações da Bovespa.

O X deixa de ser o xis da questão
– para evitar o acúmulo de empregos, num exemplo de austeridade no trato da coisa pública, o X deixará de aparecer como incógnita em equações e se restringirá à condição de sinal de multiplicação. Qual letra o substituirá no outro emprego ainda é uma incógnita.

Os algarismos arábicos reconhecerão a existência de Israel – assim como os algarismos romanos passarão a aceitar o aborto e o casamento de números primos.

A Dízima Periódica passará a ter só duas casas – assim como Michael Jackson e Madonna, a pop star da matemática deverá se desfazer da maior parte de suas residências em função da crise mundial. E, fundamentalmente, do imposto de renda.

E mais:

Para 2014, estão previstas a Reforma Geográfica, para sumir com o Paraguai do mapa, e a Reforma Pornográfica, onde as revistas passarão a exibir o pôster central na capa e a entrevista no pôster central.

Aguarde.

 

Postado por Nelson Moraes no blog Ao Mirante, Nelson

Read Full Post »

Quem achou que hoje ia ter post requentado vai ter uma surpresa, porque resolvi começar a semana assim: quebrando paradigmas… ou seja, mudando.

Pra começar, segunda feira nao vai ser chamada assim jà que vem carregada por mim de um passado de rejeiçao e preguiça. A partir de agora pretendo fazer como na tradiçao pagã e tratar esse dia como DIA DA LUA (em italiano lunedì).

A Lua, na Astrologia, é o regente de Cancer. Ela representa nossas necessidades  emocionais mais profundas, nossas reaçoes e hàbitos instintivos e o inconsciente. Entao o DIA DA LUA serà … alma, lembrança, memória, passado, emoçao, um olhar para mim mesma.

Dia de olhar pra dentro. Nem sempre serà fàcil, mas vou evitar fugir jà que a fuga parece ter sido o caminho mais fàcil até agora.

Entao…

Nos ultimos dias a reflexao forte foi (e tem sido desde muito tempo) sobre o meu corpo. Explico: engordei muito nos ultimos tempos e por mais que me esforce, caminhe, observe a minha alimentaçao, nao volto pro meu peso històrico de tantos anos. E’ verdade, fui quase sempre magrela  até os meus trinta e poucos anos. Nao tenho todas as respostas sobre como cheguei até o ponto de hoje, fora as coisas obvias: sedentarismo, inverno longo e rigoroso, idade, mudanças de habitos alimentares… O que eu sei: nao gosto de padronizar quase nada e nem a mim mesma. Sei também que tem gente bem mais gordinha e feliz da vida e menos gordinha do que eu cheia de complexos. A imagem que tenho de mim ANTES de olhar no espelho nao corresponde àquela que vejo. Nem sei se é assim pra outras pessoas, mas o que vejo é pior do que eu imagino.

O fato é que andei olhando bastante pra mim nos ultimos dias no espelho, coisa que nao faço sempre, pode acreditar. Eu olho pra escovar os dentes, pra pentear o cabelo, e pra me vestir rapidamente, mas olho de relance, sem querer me ver, essa que é a verdade.

Até que chegou a primavera/verao na Italia, os termometros começam a subir e à parte que eu jà nao aguentava mais tanto frio e ausencia de luz de sol, sinto um frio na barriga sò de pensar em ir à praia. Nao me entenda mal eu adoro praia!! Vivendo a maior parte da vida numa cidade da regiao central do Brasil, onde o mar mais proximo ficava a mais de 1500km de distancia, verao é sinonimo imediato de praia. Nao gosto muito de me bronzear, mas adoro o calorzinho do sol, adoro nadar no mar com minha bòia e curtir a leseira debaixo de um guarda-sol, lendo, fazendo palavras cruzadas, ou mesmo sem fazer nada. ADORO! Hoje eu vivo numa ilha, olha que maravilha! Numa cidade do litoral da Sicilia, entao… praia é quase um programa obrigatòrio nessa época.

O problema é a parte do maiô. Os que eu trouxe nao me servem mais e fui procurar algum pra mim essa semana. A busca foi um sofrimento! Um drama, mas também uma comédia, viu? Experimentei uns cinquenta, sem exagero! E olha, é a mais pura verdade que existe mais tecido num sò biquini vendido na Europa do que a soma de todos os biquinis que jà usei na minha vida! Nos meus tempos aureos de magrela, claro. E no fim da saga encontrei um que me… serviu. Ai..ai…  

😦  O balanço foi uma equaçao bem dolorosa: gordura + celulite + flacidez = autoestima abaixo do joelho.

Read Full Post »

Enquanto nascer é uma questão biológica, única e independente de nossa vontade, renascer é uma questão intelectual, de vontade própria e que pode acontecer quantas vezes estivermos dispostos a mudar de vida.

– André Neves –

Read Full Post »

Jardim_maio_2009 (92)Jardim_maio_2009 (98)Jardim_maio_2009 (94)Jardim_maio_2009 (95)Jardim_maio_2009 (97)

Read Full Post »

Morango_2008

 

Eu jà te contei que … tenho morangos plantados no meu jardim? Poisé. Decidimos começar uma horta e entao semeamos os bonitinhos, regamos, cuidamos e os pezinhos fofos cresceram rapidinho e começaram a dar frutos, ainda no ano passado. Tirei foto e tudo mais. Este ano, no inicio da primavera, os pés jà estavam carregadinhos de morangos verdinhos e lindinhos. Morri de orgulho.

 

Lagartixa_2008_04_21 (1)

 

Eu jà te contei que… crio lagartixas no meu jardim? Poisé. Um dia o marido Ernesto salvou uma das garras da morte (tirei foto e tudo o mais) cuidamos, deixamos a bichinha ficar e ela (ou ele, sei là) encontrou um parceiro no ano passado, e fizeram filhinhos e este ano, no inicio da primavera, conseguimos contar, entre adultos e filhotes, ao menos oito, também verdinhas e lindinhas. Morri de orgulho.

Um belo dia estàvamos curtindo um por-de-sol no balcao da varanda que dà pro jardim, tomando sorvete (Eu jà te contei que o sorvete da Sicilia é o melhor da Italia? Poisé), em silencio, ouvindo os passarinhos… uma delicia… uma coisa bucolica e romantica de se ver…  até que… o marido ve uma lagartixa comendo um morango ainda verdinho!!! 😦 … Morri de raiva!

Entao, jà te contei que desde que planto morangos e crio lagartixas no meu jardim nao consegui mais comer um sò morango inteiro?

E te conto mais… Poucos dias antes daquela cena romantica do balcao, ainda empolgados pelo sucesso dos morangos verdinhos e promissores, resolvemos incrementar a horta e plantamos vààààrias plantinnhas novas: tomatinhos cereja, pimentoes vermelhos e amarelos, berinjelas e abobrinhas…

Poisé.

Read Full Post »

garfield3

Detesto. Eu nem sei porque, jà que eu estou sem trabalho aqui na Itàlia. Deixando bem claro que por “trabalho” me refiro àquela funçao que te obriga a sair de casa, no minimo de segunda a sexta, e que te remunera por serviços prestados, jà que trabalhar eu trabalho sim, em casa, e muito. Mas no meu caso nao tenho rotinas, senao as que eu mesma crio, o que quer dizer que, teoricamente, segunda-feira, terça, sàbado ou domingo tem a mesma cara. Deve ser reminiscencia dos tempos de Brasil.

Bom, o fato é que por causa dessa leseira mental, nao sei se alguém jà notou mas, eu sempre coloco um post meio enrolex-sed-lex na segunda. Pronto-falei. E é sempre um texto de outras pessoas que, ou encontro nas minhas andanças internetisticas, ou recebo por e-mail e publico pra dividir com os amigos, além de deixar guardado, porque o julgo interessante.

Hoje, apesar da introduçaozinha parecer que vai dar caldo, nao se empolgue porque nao vai ser diferente. 🙂 Hehehehehehe.. Recebi um texto que contém dicas alimentares (um dos meus temas enrolex preferidos) de maneira bem resumida com uma pitadinha de humor no final…  porque afinal, pra azedume de segunda (nao a categoria) rir ainda é o melhor remédio.

Sintomas da carencia de certos alimentos

1- DIFICULDADE DE PERDER PESO

O QUE ESTÁ FALTANDO: ácidos graxos essenciais e vitamina A

ONDE OBTER: semente de linhaça, cenoura e salmão – além de suplementos específicos.

2- RETENÇÃO DE LÍQUIDOS

O QUE ESTÁ FALTANDO: na verdade um desequilíbrio entre o potássio, fósforo e sódio.

ONDE OBTER: água de côco, azeitona, pêssego, ameixa, figo, amêndoa, nozes, acelga, coentro e os suplementos.

3– COMPULSÃO A DOCES

O QUE ESTÁ FALTANDO: cromo

ONDE OBTER: cereais integrais, nozes, centeio, banana, espinafre, cenoura + suplementos.

4- CÂIMBRA, DOR DE CABEÇA

O QUE ESTÁ FALTANDO: potássio e magnésio

ONDE OBTER: banana, cevada, milho, manga, pêssego, acerola, laranja e água.

5- DESCONFORTO INTESTINAL, GASES, INCHAÇO ABDOMINAL

O QUE ESTÁ FALTANDO: lactobacilos vivos

ONDE OBTER : coalhada, iogurte, missô, yakult e similares

6- MEMÓRIA RUIM

O QUE ESTÁ FALTANDO: acetil colina, inositol

ONDE OBTER: lecitina de soja, gema de ovo + suplementos.

7- HIPOTIREOIDISMO (PROVOCA GANHO DE PESO SEM CAUSA APARENTE)

O QUE ESTÁ FALTANDO: iodo

ONDE OBTER: algas marinhas, cenoura, óleo, pêra, abacaxi, peixes de água salgada e sal marinho.

8- CABELOS QUEBRADIÇOS E UNHAS FRACAS

O QUE ESTÁ FALTANDO: colágeno

ONDE OBTER: peixes, ovos, carnes magras, gelatina + suplementos

9- FRAQUEZA, INDISPOSIÇÃO, MAL ESTAR

O QUE ESTÁ FALTANDO: vitaminas A, C, e E e ferro

ONDE OBTER: verduras, frutas, carnes magras e suplementos.

10- COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS ALTOS

O QUE ESTÁ FALTANDO: Ômega 3 e 6

ONDE OBTER: sardinha, salmão, abacate, azeite de oliva extra virgem (cru)

11- DESÂNIMO, APATIA, TRISTEZA, RAIVA, INSATISFAÇÃO

O QUE ESTÁ FALTANDO: Dinheiro, meu filho, dinheiro!

ONDE OBTER: Quando eu descobrir, te conto, tà?

Read Full Post »